Header Ads

AGAPE

Paraíba recebe 119.050 doses de vacinas contra Covid-19 neste fim de semana


A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou na noite desta sexta-feira (30) que a Paraíba deve receber 119.050 doses de imunizantes contra a Covid-19.

As doses, previstas para chegar neste fim de semana, se dividem em 113.250 doses AstraZeneca/Oxford e 5.800 Butantan/CoronaVac).

A nova entrega amplia a oferta para profissionais de saúde, pessoas com comorbidades, e inicia a vacinação de gestantes e puérperas.
 
Dois novos públicos especiais podem receber a vacina contra a Covid-19, a partir deste sábado, em João Pessoa. Começam a ser atendidos hemofílicos a partir dos 18 anos de idade e mulheres com comorbidades que estejam gestantes ou puérperas - conforme definição do Ministério da Saúde anunciada na segunda-feira (26). 
 
Patos 
 
De acordo com o gerente de Vigilância em Saúde, Laerth Júnior, a décima quinta remessa contém 2.530 doses da vacina Astrazeneca (Oxford), e apenas 20 doses da coronavac (Butantan).
 
De acordo com Nota Técnica do Governo do Estado, as doses da Astrazeneca são para idosos, trabalhadores da saúde, forças de segurança e salvamento, e ainda para as pessoas com comorbidades, que terão a imunização iniciada a partir da próxima segunda-feira, com 270 doses dessa décima quinta remessa.
 
O gerente Laerth Júnior explicou que devido à quantidade mínima, serão elencados grupos de prioridades dentro das prioridades, para ter acesso inicial à vacina contra covid.
 
Pessoas com problemas renais crônicos, síndrome de down, gestantes e puérperas com comorbidades, além de pessoas com deficiência permanente e cadastradas na Secretaria de Desenvolvimento Social, terão prioridade no primeiro momento.
 
Conforme a chegada de novas remessas destinadas para as comorbidades, outros pacientes também serão contemplados gradativamente.
 
Segunda dose (coronavac)
 
Laerth Júnior informou também que existe previsão para o recebimento de mais doses da vacina coronavac na próxima segunda-feira (01), que servirão para normalizar a segunda dose das pessoas idosas que estão aguardando.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.