BANNER TOPO

Mostrando postagens com marcador Paraíba. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paraíba. Mostrar todas as postagens

Gás de cozinha fica até R$ 5 mais caro na PB a partir desta quinta (05)

Nenhum comentário

quinta-feira, 5 de julho de 2018--

A Petrobras reajustou nesta quarta-feira (4) o preço do gás de cozinha (GLP) em 4,4%, com validade a partir desta quinta-feira (5). No acumulado do ano, o GLP apresenta aumento de 5,2%, se comparado ao preço praticado em dezembro do ano passado.

O Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha na Paraíba (Sinregás) informou ao que o preço para o consumidor final vai ter um acréscimo que varia de R$ 3 a R$ 5. Até esta quarta-feira (4), o botijão estava custando entre R$ 65 a R$ 75 em todo o estado.

A estatal informou que o reajuste ocorre devido à desvalorização do real frente ao dólar, que apenas entre março a junho foi de 16%, e ao reajuste de 22,9% do preço do GLP no mercado internacional no mesmo período.
 
 
Agência Brasil

Lei Seca autua 105 condutores em junho

Nenhum comentário

quarta-feira, 4 de julho de 2018--

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, notificou 105 motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante o mês de junho. Nesse período, não houve condução de nenhum usuário à delegacia.

De acordo com o balanço mensal, foram realizados 1.669 testes de bafômetro, que resultaram na apreensão de 90 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de 38 veículos aos pátios do órgão.

A operação ainda autuou, em flagrante, 107 condutores pela prática de outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O balanço foi divulgado nesta terça-feira (3) pelo major Edmilson Castro, chefe da Divisão de Policiamento e Fiscalização do órgão.

A Operação Lei Seca foi intensificada durante todo o mês de junho, em função dos grandes eventos juninos, em especial nas cidades de maior fluxo de usuários, a exemplo de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano.

Em caso de reincidência, será cobrado o dobro do valor da multa e o condutor responderá pela cassação da CNH pelo período de dois anos.

MaisPB

Justiça desobriga afixação de cartaz sobre discriminação sexual na PB

Nenhum comentário

quarta-feira, 27 de junho de 2018--

A juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, Flávia da Costa Lins Cavalcanti, determinou, na tarde desta terça-feira (26), que o Estado se abstenha de aplicar qualquer sanção aos autores de ação contra aplicação das Leis nº 7.309/2003 e nº 10.895/2017. Esta última obriga os estabelecimentos comerciais e órgãos públicos da Administração Direta e Indireta, sediados no Estado da Paraíba, a afixarem cartazes contendo a seguinte afirmação: “Discriminação por orientação sexual é ilegal e acarreta multa, Lei estadual nº 7.309/2003 e Decreto nº 2760/2006.”

Na ação, os autores contam que, no dia 30 de maio do corrente ano, entrou em vigor a Lei nº 10.895/2017, determinando a fixação de cartazes, em todos os estabelecimentos sediados no Estado da Paraíba, no tamanho 50 cm x 50 cm, com o texto citado. Os promoventes afirmam que tal medida é desproporcional e impositiva e que vem gerando prejuízo aos comerciantes, especialmente os pequenos, uma vez que, ao invés de expor os seus produtos, têm que afixar o referido cartaz.

Fundamentam, ainda, que a lei decorre de uma necessidade coletiva, não sendo função do legislador criar lei em benefícios de particulares. Alegam, também, que a lei em foco padece de vício de iniciativa e inconstitucionalidade material, uma vez que trata de matéria de direito civil, de competência exclusiva da União, o que violaria o princípio da igualdade.

Ao decidir sobre o caso, a magistrada observou que a placa objeto da lei, cuja afixação foi impositiva, sob pena de pagamento de multa aos descumpridores, visa assegurar o cumprimento da norma constitucional que veda a discriminação em razão de sexo/opção sexual. Ao mesmo tempo, viola, dentre outros princípios, o da livre iniciativa e o consagrado princípio constitucional da igualdade.

A juíza Flávia Cavalcanti afirmou que, considerando os valores trazidos à apreciação, entende-se que deve prevalecer os interesses da maioria, que não pode ver dificultada a sua liberdade para atender parcela da sociedade. “Apesar de sofrer com a discriminação que realmente existe, não são as únicas vítimas de tais atos criminosos, os quais se originam no preconceito de cor, idade, origem, entre outros, e, nem por isso, em relação às ditas vítimas, se pode exigir igualmente a afixação do respectivo cartaz, reproduzindo o teor da lei que criminaliza ditas condutas”, enfatizou.

Com isso, a magistrada afirmou estarem presentes os requisitos necessários à concessão da tutela de urgência, estando a plausabilidade do direito demonstrada, bem como o perigo da demora, “na medida em que o constrangimento/prejuízos causados aos estabelecimentos obrigados a afixar a placa em tela é diário e aumenta com o passar do tempo”.

Entenda a lei

Aprovada na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e sancionada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), a lei obriga que todos os estabelecimentos e repartições públicas da Paraíba fixem cartazes, em local visível ao público, informando sobre a proibição e punição a ato de discriminação em virtude de orientação sexual das pessoas. Segundo o texto, caso os órgãos públicos ou estabelecimentos comerciais descumpram a lei, serão multados em até R$ 20,4 mil.
 
 
 
Portal Correio

Inscrições abertas: ProUni oferece 2.615 bolsas integrais e parciais na Paraíba

Nenhum comentário
Na Paraíba, serão ofertadas 2.615 vagas, sendo 1.278 integrais e 1.337 parciais pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições deverão ser realizadas apenas pela página do ProUni na internet, até as 23 horas e 59 minutos do dia 29.

Para se candidatar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos de média e ter tido nota superior a zero na redação. Importante lembrar que as notas de outras edições do Enem não valem para pleitear uma bolsa.

Além disso, só podem participar estudantes brasileiros que não possuem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos, ou professores da rede pública também podem solicitar bolsas.

Para ter direito a uma bolsa integral o candidato deve ter uma renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm uma renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do ProUni na internet, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada e 16 de julho para a segunda.

ProUni – O ProUni é um programa do Ministério da Educação que concede bolsas integrais e parciais de 50% em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições de educação superior privadas. As instituições que participam do programa têm isenção de alguns tributos.

Na primeira edição do ProUni deste ano, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124, parciais. Desde que foi criado, em 2004, o ProUni já atendeu 2,5 milhões de estudantes, sendo que 70 % com bolsas integrais.
 
 

MaisPB

Governador anuncia entrega do Hospital de Oncologia, Escola Técnica e Ponte em Patos

Nenhum comentário

terça-feira, 26 de junho de 2018--

O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (25), um calendário de inaugurações de 70 obras que serão entregues a partir de julho até setembro deste ano.

Em Patos, serão entregues o Hospital de Oncologia, chamado de Hospital do Bem, que representa mais de R$ 10 milhões de investimento; Escola Técnica e passarela sobre o Rio da Cruz, entre outras ações.

“Até o último dia desta gestão, queremos entregar obras que trazem benefícios para todas as regiões do Estado. Hoje, estamos falando em um calendário de entrega de 70 obras que serão inauguradas até setembro. Mas a partir de outubro teremos outras obras para entregar até dezembro. Enfim, são obras essenciais que melhoram a vida dos paraibanos”, comentou Ricardo Coutinho.
 
 
Patos Verdade

Criança que lutava contra doença rara morre aos 5 anos; Mãe diz como foi últimos momentos da filha

Nenhum comentário

segunda-feira, 25 de junho de 2018--

Morreu na tarde deste domingo (24/06), na cidade de Uiraúna, região de Cajazeiras, Sertão do Estado, a garotinha Jamily Nadir Coelho. Ela tinha 5 anos de idade e sofria de uma doença rara diagnosticada de encefalopatia metabólica decorrente de Aciduria Glutárica tipo 1 (uma doença no metabolismo que acumula ácido glutárico na urina, plasma e tecidos do corpo).

Jamily ficou conhecida em todo estado, quando no início do ano de 2016, seu pai, um vendedor ambulante, Flávio Coelho de Assis Ferreira de 36 anos, acorrentou-se em frente ao fórum da cidade de Uiraúna para pedir agilidade em uma ação judicial que garantia os medicamentos à menina. Ele também fez a mesma ação na porta da Nona Regional de Saúde, com sede em Cajazeiras.

 A mãe de Jamily, a senhora Gigliola Miranda disse que estava em casa, quando percebeu que criança vomitou e teria se sufocado. Ela ainda chamou o SAMU, porém ao chegar na residência a médica constatou a morte da criança. 

Segundo a mãe, o estado clinico de Jamily se agravou com a falta do leite.

“Desde quando ela ficou sem o leite, ela emagreceu, ela vinha tendo uma série de vômitos, parava, as vezes tinha febre e aí voltavam os vômitos. O dia-a-dia dela estava sendo isso, levava para o hospital, trazia, e era isso”, finalizou a mãe.


ENTENDA

A criança se alimentava por sonda e precisa de um leite que custava em torno de R$ 1.600,00 (Hum mil e seiscentos reais) cada lata, sendo que eram consumidas, em média, sete latas por mês, somando um custo mensal de R$ 11.200,00 (Onze mil e duzentos reiais). Sem condições para pagar esse valor, a família entrou na justiça para garantir os medicamentos e latas do leite pelo poder público. 


VELÓRIO E SEPULTAMENTO

O corpo de Jamily está foi velado em sua residência, na rua Maria de Fátima Vieira, apartamento 101, bairro Nossa Senhora de Lurdes, na cidade de Uiraúna. O sepultamento acontecerá nesta segunda-feira (25/06), no cemitério local.


Fonte: Dario do Sertão

Quina de São João sorteia R$ 130 milhões direto do Parque do Povo

Nenhum comentário

terça-feira, 19 de junho de 2018--

A exemplo do que já vem ocorrendo em anos anteriores, o “Caminhão da Sorte” estará no Parque do Povo, no próximo dia 23 de junho, para processar o sorteio da Quina de São João.

O sorteio do teste 4706 pagará 130 milhões aos acertadores e não haverá acumulação. Se ninguém não fizer a quina, o rateio será dividido entre os que fizerem quatro pontos e, assim, sucessivamente.

A realização do teste da Quina de São João, todo mês de junho,  no Parque do Povo, em Campina Grande, virou uma atração para os forrozeiros, que acompanham o sorteio ao vivo, apelando para a sorte.

A aposta mínima custa R$ 2,50 que pode ser feita até as 15h do dia 23 de junho. A bolada de R$ 130 milhões, se for aplicada na poupança, o sortudo terá uma renda de aproximadamente R$ 750 MIL por mês, o equivalente a R$ 25 mil por dia.
 
 
Portal Correio

Concurso da PM e Corpo de Bombeiros da PB convoca candidatos para últimas fases

Nenhum comentário

quinta-feira, 14 de junho de 2018--

Os candidatos que foram considerados indicados no exame psicotécnico do concurso para soldado da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar estão sendo convocados para realizar o exame de saúde a partir da próxima segunda-feira (18), no Centro de Educação da Polícia Militar, em Mangabeira VII, na Capital. Para esta etapa, os candidatos foram divididos em 19 grupos, cada um com dia e horário específico para comparecer ao local dos exames. A lista pode ser conferida no site da PM http://www.pm.pb.gov.br/portal/informacoes/concursos/concursos-publicos/

Os candidatos devem comparecer pontualmente no horário e local marcado com todos os exames exigidos no item 9 do edital do concurso, bem como no aditivo Nº 002, ambos disponíveis no linkhttp://www.pm.pb.gov.br/portal/informacoes/concursos/concursos-publicos/. Os concorrentes devem ficar atentos porque os exames laboratoriais devem ter, obrigatoriamente, o nome e o número de identidade do candidato no exame. Além da entrega, eles passarão por uma inspeção para verificar a altura, capacidades visuais e auditivas, avaliação bucal e clínica.

A novidade é que no dia seguinte ao exame de saúde, caso seja considerado apto, o candidato já vai realizar os testes físicos, que acontecerão na Vila Olímpica Parahyba (antigo Dede), no bairro dos Estados, em João Pessoa. As duas etapas serão na capital, com candidatos de todas as regiões.

O presidente da comissão do concurso da Polícia Militar, coronel José Ronildo, explicou que a convocação para a fase seguinte será automática. “Sendo considerado apto no exame de saúde, esse resultado já será divulgado em ata e disponibilizado imediatamente após as inspeções de cada grupo. Eles já sairão do exame convocados para os testes de aptidão física, sabendo do horário e todas as outras orientações”, destacou, ao informar que no dia 3 de julho serão concluídos todos os trabalhos de avaliação dos exames de saúde e físico.

 Provas exigidas na etapa de aptidão física - Os testes serão realizados também em grupos, em dois dias para cada grupo. Esta fase tem o objetivo de avaliar a capacidade de realização de esforços e a resistência à fadiga física do candidato, que deve comparecer ao local indicado para esta etapa trajando calção ou short, camiseta e tênis.

Para os candidatos do sexo masculino, são cobradas cinco flexões de braços na barra fixa (com duas tentativas); corrida de 100 metros (tem que fazer em até 16 segundos, com duas tentativas); corrida longa de 2.400 metros, em 12 minutos (só admite uma tentativa); 35 abdominais em 1 minuto (com duas tentativas); e salto em altura de 1, 20 metros (com três tentativas).

Para as candidatas do sexo feminino, são cobradas suspensão em barra fixa por 10 segundos (com direito a duas tentativas); corrida de 100 metros em 20 segundos (duas tentativas); corrida longa de 2.100 metros em 12 minutos (com apenas uma tentativa); 30 abdominais em 1 minuto (com duas tentativas); e salto em altura de 1,00 metro (com três tentativas).



Secom-pb

Sobe para 14 número de pessoas feridas com agulhas no Parque do Povo

Nenhum comentário

terça-feira, 12 de junho de 2018--

Já subiu para 14 o número de pessoas que procuraram atendimento no Hospital de Emergência e Trauma alegando terem sido feridas com agulhas durante as festividades juninas no Parque do Povo. Os atendimentos acontecem desde o sábado (9). Até esta segunda (11), dez pessoas tinham ido ao hospital por este motivo. Os números foram atualizados pela assessoria de comunicação da unidade na manhã desta terça-feira (12).

De acordo com a infectologista do Hospital de Trauma de Campina Grande, Priscila Sá, o procedimento padrão para o caso foi adotado pela equipe médica do local. “As pessoas agredidas foram atendidas pela equipe médica e foi adotado o procedimento padrão para a prevenção das doenças infecciosas, visando principalmente evitar a infecção pelos vírus da hepatite B e HIV”, disse Priscila Sá.

“A equipe atende as pessoas, fornece a medicação para as primeiras 48h e depois encaminha as vítimas para um serviço fornecido pela cidade, onde as pessoas pegarão o resto das medicações para o tempo que precisarem fazer o uso delas”, completou.

Ainda segundo a especialista, não dá para saber se a agulha usada estava ou não infectada, mas que o risco de contração dos vírus é baixo, de acordo com o que foi relatado pelas vítimas. A policia não se pronunciou sobre o assunto
 
 
Fonte: Portal Correio

‘Cartola’ identifica corrupção no futebol da PB, mas falta punição

Nenhum comentário

domingo, 10 de junho de 2018--

Há dois meses, o futebol paraibano passava a viver um novo momento em sua história com a realização da Operação Cartola, exatamente um dia após a final do Campeonato Paraibano. Para uns, o suposto esquema revelado pelas investigações não era nenhuma novidade, já que muitos dos envolvidos davam vários sinais das práticas antiesportivas, mas para outros foi duro golpe, afinal a Paraíba e o Brasil agora sabem que todas as suspeitas se confirmaram através de escutas telefônicas. Porém, a pergunta que ainda ‘martela’ a cabeça do tão sofrido torcedor é: o que mudou nesses 60 dias?

Como se tornou caso de polícia, outro questionamento que é frequente nas rodas de conversa é: alguém responderá criminalmente ao final dessa história? A ação abalou o futebol estadual e fez com que a Federação Paraibana de Futebol (FPF) se transformasse em algo muito semelhante a um cemitério: cheio de mistério, mas ainda rodeado de muito silêncio e interrogações.

Esse clima aumenta dia após dia e começa a provocar uma inquietação na comunidade esportiva paraibana. Nomeado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e instalado na Paraíba desde o dia 17 de maio, o grupo intervencionista capitaneado pelo advogado mineiro Flávio Boson Gambogi, que também é auditor do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ainda não se pronunciou oficialmente, emitindo apenas uma nota falando sobre o adiamento de algumas competições organizadas pela FPF.

Além da queda do presidente Amadeu Rodrigues, as ações judicial e policial também fizeram com que caísse o ex-árbitro José Renato Soares (que comandava a Comissão de Arbitragem), além de provocar a CBF para que a entidade afastasse os árbitros paraibanos que integram o quadro nacional, hoje impedidos de trabalhar em qualquer competição.

A Operação Cartola foi fruto de um trabalho da Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba. A ação teve como objetivo desarticular um suposto esquema que reunia dirigentes, clubes e árbitros que promoviam práticas como manipulação de resultados, adulteração de documentos, interferência em decisões da Justiça Desportiva e desvio de valores das rendas dos jogos.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações que envolveram essa primeira parte da operação duraram sete meses e os relatórios finais já foram entregues ao Gaeco. A expectativa agora fica por conta de um posicionamento do Ministério Público, que deve oferecer denúncia e um segundo momento deste processo possa acontecer, que neste caso, envolverá a Justiça Criminal.

24 pedidos de prisão – Segundo um relatório da Polícia Civil na investigação, a que o Correio da Paraíba teve acesso, foram solicitados à Justiça alguns pedidos de prisão para dirigentes e árbitros.

CARTOLA EM DETALHES

sete meses de investigação quatro clubes investigados por núcleos independentes
 
93 interrogatórios/depoimentos coletados
 
120 pessoas investigadas
 
150 telefones interceptados 
 
5.362 páginas
 
127.478 ligações telefônicas analisadas em toda a operação
 
TIPIFICAÇÃO DOS CRIMES – Organização criminosa Crimes do Estatuto do Torcedor ameaça coação no curso do processo

*Texto de Raniery Soares, do Jornal Correio da Paraíba

Pais terão que apresentar cartão de vacinação para matricular filhos na PB

Nenhum comentário

sábado, 9 de junho de 2018--

Os pais de crianças deverão apresentar o cartão de vacinação dos filhos no ato da matrícula em escolas que oferecem ensino infantil na Paraíba. Isso é o que estabelece a lei 11.139 /2018, que foi sancionado pelo Executivo Estadual e publicada no Diário Oficial. A propositura é de autoria do deputado estadual Jutay Meneses (PRB).

“O poder público deve fiscalizar a aplicação das vacinas em crianças e adolescente, assim como ficou definido no Programa Nacional de Imunização, de 1973, e o melhor momento para fiscalizar o cumprimento do calendário de vacinação é no ato da matrícula do estudante. Temos que atuar de forma conjunta para assegurar direitos e garantir o acesso à saúde para as crianças”, destacou Jutay.

A lei estabelece que no caso de o matriculado não possuir a carteira de vacinação, o responsável vai ter o prazo de 30 dias para providenciá-la junto ao órgão responsável. Caso a carteira de vacinação não seja apresentada ou haja a constatação da falta de alguma das vacinas obrigatórias, a situação deve ser regularizada em um prazo máximo de 30 dias, sob pena de comunicação ao Conselho Tutelar para as devidas providências.

Ainda de acordo com o parlamentar, a falta da carteira de vacinação não impede a matrícula da criança. “A ideia é uma maior colaboração entre os setores da saúde e da educação”, justificou.
 
 
Fonte: Maispb

Concurso da Prefeitura de Serra Grande, PB, tem inscrições abertas até esta quinta

Nenhum comentário

quinta-feira, 7 de junho de 2018--

A Prefeitura de Serra Grande, no Sertão da Paraíba, oferta 42 vagas em concurso público para cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Os salários base variam de R$ 954 a R$ 1.724,10, para cargos como professor e psicopedagogo. As inscrições são feitas pelo site da banca organizadora Conpass.

Os cargos com o maior número de vagas são auxiliar de serviços gerais, com sete vagas - sendo uma reservada para candidatos com deficiência -, e motorista com CNH D e cuidador de creche, com quatro vagas cada.

Veja o edital do concurso da prefeitura de Serra Grande, PB.
 
As inscrições começam na segunda-feira (07/05) e seguem até o dia 07 de junho, no site da banca organizadora, a Conpass. O valor da taxa de inscrição é de R$ 70 para os cargos de nível superior, R$ 60 para os cargos de nível médio e técnico e de R$ 50 para nível fundamental.

Para ensino fundamental, as vagas são para os cargos de motorista CNH D, operador de máquina pesada, auxiliar de serviços gerais, auxiliar de pedreiro, vigilante e merendeira.

No nível técnico, há oportunidades para técnico agropecuário, em higiene bucal, em enfermagem, em farmácia e laboratorial.

Também há vagas para nível médio, para os cargos de agente administrativo, digitador, inspetor de alunos e cuidador de creche.

Os cargos de nível superior são farmacêutico, enfermeiro, engenheiro civil, psicopedagogo, orientador pedagógico e professor de séries iniciais, de matemática e de educação especial.

A previsão de data para a realização das provas escritas é para 8 de julho. Além da prova escrita, o concurso ainda tem prova de títulos e prova prática (apenas para os cargos de operador de máquina pesada e motorista).

O resultado final deve sair no dia 28 de agosto. O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

 
 
 
 
SERRA GRANDE

IFPB e UFCG abrem vagas para professor com salário de até R$ 3 mil

Nenhum comentário

terça-feira, 5 de junho de 2018--

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) e a Universidade Federal de Campina Grande abriram processos seletivos para contratação de professores substitutos. As vagas são para Campi de Santa Rita, Sumé e Cajazeiras, com remunerações que chegam aos R$ 3.121,76.

No IFPB, o campus de Santa Rita tem vaga para a área de Meio Ambiente. Os interessados têm até esta terça-feira (5) para efetuar a inscrição online para a vaga. Já em Cajazeiras, a inscrição vai até o dia 11 deste mês para a área de Filosofia. As remunerações iniciais são de R$ 2.714,89.

A taxa de inscrição é no valor de R$ 100, mas é possível solicitar isenção, se o candidato se enquadrar no que prescreve a legislação.

Acesse aqui o edital e área de inscrições do campus Santa Rita.

Acesse aqui o edital e área de inscrições do campus Cajazeiras.

Professor bolsista

Ainda no IFPB, o Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) no IFPB publicou edital do processo seletivo para seis professores bolsistas formadores no curso superior de Educação Física do campus Sousa. Veja aqui o edital.

De acordo com o documento, as inscrições poderão ser realizadas até esta quarta-feira (6), nos setores de protocolo das unidades Sede e São Gonçalo, do campus de Sousa.

Podem participar da seleção docentes do quadro permanente do IFPB e profissionais externos. As inscrições serão realizadas exclusivamente mediante protocolo da ficha de inscrição, junto das cópias dos documentos que comprovam os requisitos obrigatórios.

A seleção para as seis vagas terá duas relações de classificados, dependendo se o candidato é professor do IFPB ou não. O valor das bolsas oferecidas varia entre R$ 1,1 mil e R$ 1,3 mil por cada 15 horas/aula.

São vagas para as disciplinas de Seminário de Conclusão do Curso; Teoria e Metodologia do Handebol; Teoria e Metodologia do Basquete; Atividade Física Adaptada e Saúde; Planejamento e Organização de Eventos; Psicomotricidade. A carga horária das disciplinas varia de 40 a 80 horas.

UFCG

Na UFCG a vaga oferecida é para contratação de um professor substituto na área de Psicologia e Educação/Educação Especial. O selecionado irá lecionar no curso de Educação do campo, ingressando como professor auxiliar.

Para participar, o candidato precisa ter licenciatura ou bacharelado em Psicologia. Os vencimentos básicos são de R$ 3.121,76, para um regime de trabalho de 40 horas semanais.

As inscrições estão sendo realizadas no Protocolo Setorial do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido (CDSA), em Sumé, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h. A taxa de inscrição custa R$ 60. Acesse aqui o extrato de edital.
 
 
 
Fonte: Portal Correio

Ex-deputado federal Leonardo Gadelha sofre acidente na BR-230 no Sertão

Nenhum comentário

domingo, 3 de junho de 2018--

O ex-deputado federal paraibano e pré-candidato Leonardo Gadelha (PSC) foi vítima de um acidente na noite deste sábado (2) na BR-230, próximo a cidade de Santa Luzia. Ele dirigia o veículo que colidiu em um animal que estava solto na estrada.

Apesar do impacto ter sido forte, Leonardo não sofreu nenhum tipo de ferimento, nem mesmo arranhões e sequer chegou a ser socorrido para algum hospital, já que não houve necessidade do socorro.

Leonardo Gadelha estava indo para Sousa, onde participaria de um evento, mas retornou a Campina Grande após o acidente.
 
 

Este é o quarto acidente envolvendo políticos paraibanos este ano. Em abril, os deputados Trócolli Junior (Podemos), André Amaral (PROS) e Zé Paulo (PT) também foram vítimas de acidentes. Trócolli e Zé Paulo sofreram acidentes com carro e André sofreu uma queda de um cavalo.
 
 
 
 
 
 
Fonte: Portal Correio

Sinal de TV analógico é desligado na capital e em mais 12 cidades na PB

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de maio de 2018--

O sinal analógico de TV será desligado nesta quarta (30/05) em João Pessoa e outras 12 cidades do entorno da Capital. A população desta região precisa preparar suas casas para que continuem assistindo os canais abertos de televisão.

O sinal digital já está disponível e todo aparelho de televisão pode exibir a programação dos canais abertos com melhor qualidade. Se o equipamento for de tubo ou fabricado antes de 2010, precisará de uma antena digital e um conversor. Se o televisor for de tela fina fabricado depois de 2010, precisará apenas uma antena para TV digital.

O processo de digitalização dos canais de TV tem previsão para ser concluído no final de 2018 e a Seja Digital é a entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável pela operação do processo de migração do sinal de TV no Brasil.Com esta mudança, a programação da TV aberta no Brasil seguirá padrões internacionais de transmissão, a exemplo do que já aconteceu em países como China, EUA e Reino Unido, permitindo aos telespectadores que desfrutem de seus programas favoritos com imagem e som com qualidade similar à de uma sala de cinema.

“O processo de migração vai permitir também a oferta futura da banda larga 4G que será utilizada na faixa de 700Mhz”, afirma Antonio Martelletto, presidente da Seja Digital. O 4G é uma das tecnologias para telefonia móvel mais avançada e que permite a vários dispositivos – como celular, smartphone, laptops e tablets – acessar a internet com velocidade mais rápida e em ambientes fechados.

O processo de migração, que já passou por Rio Verde, em Goiás, e pelas regiões do Distrito Federal (10 cidades), São Paulo (39 cidades), Goiânia (29 cidades) e Recife (14 cidades), Salvador (20 cidades), Fortaleza (15 cidades), Vitória (7 cidades), Rio de Janeiro (19 cidades), Belo Horizonte (39 cidades), Campinas (85 cidades), Santos (9 cidades), Vale do Paraíba (19 cidades), Franca (25 cidades), Ribeirão Preto (20 cidades) e Curitiba (27 cidades)tem obtido resultados positivos após o encerramento das transmissões analógicas, com quase 100% da população digitalizada.
 
 
Fonte: Portal Correio

Porto já opera com 70% da distribuição de combustível na PB

Nenhum comentário

terça-feira, 29 de maio de 2018--

Quase 70% do combustível entregue no Porto de Cabedelo já estão sendo liberados para serem distribuídos para os postos em toda a Paraíba. O grande problema ainda é a dificuldade que os caminhões estão enfrentando para chegar às cidades do interior do Estado, conforme explicou a presidente da Companhia Docas, Gilmara Temótio, que garantiu que há combustível suficiente para os próximos dez dias e estimou que em no máximo três dias a situação esteja totalmente normalizada.

A presidente da Companhia Docas salientou que no Porto o combustível existente é o suficiente para abastecer o Estado pelos próximos dez dias, mas que acredita que tudo esteja de volta ao normal em até três dias. “No porto tem combustível suficiente para dez dias em toda a Paraíba. Na Grande João pessoa em dois ou três dias vai estar normal, os postos já diminuíram as filas”, falou.

De acordo com ela, dos 4,5 milhões de litros de combustível que saem diariamente do Porto, ao menos 3 milhões foram distribuídos nessa segunda-feira (28). “Desde ontem (segunda) os terminais estão praticamente na sua normalidade por dia nós escoamos 4,5 milhões de litros de combustível. Durante esse período nossa briga era conseguir escoar pelo menos 30%. Nós conseguimos quase 3 milhões. Não é o normal mas já dá uma tranquilizada”, informou Gilmara.
 
 
Fonte: Portal Correio

Serviços de educação e saúde suspendem atividades na PB

Nenhum comentário

domingo, 27 de maio de 2018--

Devido à crise dos combustíveis ocasionada pela greve dos caminhoneiros, algumas instituições de ensino e também unidades de saúde da Paraíba suspenderam suas atividades para esta segunda-feira (28).

Em Campina Grande, a Universidade Estadual (UEPB) e Federal (UFCG), decidiram suspender as atividades acadêmicas das Instituições, incluindo estágios, concursos e seleções públicas. No caso da UFCG, os serviços que não estão suspensos são os oferecidos pelo Hospital Universitário e as atividades administrativas essenciais.

UFPB

A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiu estender para esta segunda-feira (28) a orientação de que professores e coordenações de ensino não realizem chamadas e atividades avaliativas e que chefias abonem o ponto dos servidores técnico-administrativos por atraso ou falta, devido aos desdobramentos da paralisação dos caminhoneiros.

IFPB e Unipê

O Instituto Federal da Paraíba (IFPB) também suspendeu aulas nos campus de João Pessoa, Cabedelo, Campina Grande, Patos, Itaporanga, Picuí, Cajazeiras, Guarabira, Princesa Isabel e Itabaiana. O Centro Universitário de João Pessoa (Unipê/JP) também não terá aulas na graduação e pós-graduação nesta segunda-feira (28).

Monteiro

A Prefeitura Municipal de Monteiro, no Cariri da Paraíba, emitiu um comunicado neste domingo (27), informando sobre o cancelamento das aulas nas escolas da rede municipal, em virtude da falta de combustível nos postos de abastecimento do município.

Em nota, a Secretaria de Educação, decidiu que as aulas ficam suspensas nesta segunda-feira (28) e terça-feira (29), sem prejuízo quanto ao cumprimento do calendário previsto para o ano letivo.

Lagoa Seca

Em Lagoa Seca, as atividades na rede municipal de ensino também estão suspensas nesta segunda-feira (28), porém apenas nas escolas onde os alunos necessitam de transporte para chegarem ao local. No caso das turmas de ensino médio, também estão canceladas as aulas nas turmas onde professores não moram na cidade e, portanto, necessitam de combustível para se deslocarem.

Para os alunos que moram em Lagoa Seca, mas estudam em Campina Grande, o transporte oferecido pela prefeitura da cidade está suspenso até a normalização do abastecimento.

Saúde

Também em Lagoa Seca, os serviços oferecidos nas Unidades Básicas de Saúde CAPS, CEO e NASF estão suspensos até a normalização do abastecimento de combustíveis nos postos da cidade.
 
 
Fonte: Portal Correio

Faltam combustíveis em 40% dos postos na Paraíba, diz Sindipetro

Nenhum comentário

terça-feira, 22 de maio de 2018--

Cerca de 40% dos postos de combustível da Paraíba já estão com falta de gasolina, etanol ou diesel. O balanço é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Omar Hamad. A situação de desabastecimento ocorre por conta de uma manifestação de caminhoneiros em protesto contra o aumento no preço dos combustíveis executado pela Petrobras nos últimos dias.

Omar relatou que os postos que ainda possuem combustíveis estão com os produtos porque fizeram estoque na semana passada. Além disso, diversos postos já não estão colocando preço de um determinado produto por não tê-lo.

“Ainda não temos um valor exato, mas aproximadamente em 40% dos postos já está sem gasolina, etanol ou diesel. Onde não tiver placa de preço é porque não tem o produto”, disse o presidente do Sindipetro-PB.

Protesto interdita rodovias

Trechos das rodovias BR-101, em João Pessoa, BR-412, em Boa Vista, e BR-230, em Campina Grande, estão com interdições na tarde desta terça-feira (22) por conta de protestos dos caminhoneiros.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em João Pessoa, o bloqueio atinge o quilômetro (km) 89 da BR-101, com interdição total da rodovia, incluindo uso de pneus para bloqueio de tráfego.

Em Boa Vista, no Agreste paraibano, a 175 quilômetros de João Pessoa, a interdição ocorrer no km 18 da BR-412. A interdição da rodovia é parcial.

Já no km 143 da BR-230, em Campina Grande, a interdição também ocorre de maneira parcial, apenas para veículos de carga.


Fonte: Portal Correio

Liminar passa a proibir bloqueio de rodovias por caminhoneiros

Nenhum comentário

domingo, 20 de maio de 2018--

O juiz federal Emiliano Zapata  de  Miranda  Leitão da Seção Judiciária da Paraíba concedeu neste domingo (20) uma liminar que determina que manifestantes se abstenham  de  ocupar,  obstruir  ou  dificultar  a  passagem  de  veículos em rodovias federais no estado, sob pena de multa de R$ 200 mil ao SINDITAC-PB (Sindicato  dos  Transportadores  Autônomos  de Cargas  no  Estado  da  Paraíba)  e  a  FECONE (Federação  Interestadual  dos  Transportes  Rodoviários Autônomos  de  Cargas  e  Bens  da  Região  Nordeste), bem como, R$ 20 mil por pessoa física participante, por hora de interdição.
 
A decisão judicial foi tomada em resposta a uma ação de interdito proibitório movida pela Advocacia Geral da União (AGU), que, por sua vez, foi acionada pela Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba.
 
A decisão judicial autoriza a Polícia  Rodoviária Federal, com o auxílio da Polícia Militar, a anotar  as  placas  dos veículos  que  estejam  impedindo ou dificultando  a  livre  circulação, solicitar  dados relativos  à própria  identidade,  Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e documentos  dos  veículos.
 
Entidades representativas de caminhoneiros agendaram para a manhã desta segunda-feira (21) uma série de manifestações contra os sucessivos reajustes dos preços dos combustíveis. Os protestos teriam início às 6 horas da manhã.
 
 
Fonte: Portal Correio

Alice Wegmann foi internada duas vezes durante gravações na Paraíba

Nenhum comentário

quarta-feira, 16 de maio de 2018--

Alice Wegmann não tem dúvidas que Maria, sua personagem na série da Globo “Onde Nascem os Fortes” é um divisor de águas em sua carreira. A entrega foi tão grande à personagem que a atriz foi hospitalizada duas vezes durante as gravações da série no sertão da Paraíba.

“É minha oitava novela já. Tudo foi acontecendo do jeitinho que tinha que ser, mas a Maria foi uma personagem que realmente exigiu muito de mim. Fui internada duas vezes quando estava no sertão. Peguei dengue e uma outra vez tive uma estafa e um dos meus melhores amigos quando assistiu a série falou: ‘Essas doenças foram pouco para você. Porque é tão intenso…imaginar que são 53 capítulos nesta intensidade’…”, conta a atriz ao UOL, nos bastidores de gravação da série, nesta terça-feira (15), nos Estúdios Globo.


“Em nenhum momento a Maria relaxa. É tudo muito o tempo todo. Pra gente gravar esses 53 capítulos foram sete meses de ‘pega pra capar'”.

Apesar dos sustos, Alice explica que usa a arte para canalizar suas emoções. “É justamente esse lugar da Maria que eu extravaso”.

O esforço para que tudo saísse perfeito fizeram com que ela dispensasse dublê em quase todas as cenas e, mesmo com o pé ferido, gravasse uma sequência de Maria correndo no sertão.

“A única cena que teve dublê foi a primeira que é só uma Gopro da bicicleta. O resto foi tudo eu que fiz. Teve uma cena em que eu estava correndo com o Gabriel Leone e entrou um espinho enorme no meu pé. Aí eu continuei meio mancando, subi na moto, aí depois fui tirar, olhei para o meu pé e vi o tamanho do espinho”, lembra.

Foram tantos perrengues nos bastidores que Alice se esforça para recordar de todos.

“Teve a cena do estupro, fiquei super marcada ali na hora e foi no dia do meu aniversário, tinha muita poeira, eu estava chorando muito e não conseguia enxergar o caminhão que estava na minha frente e quase fui atropelada. Tiveram várias coisinhas que a gente passou, mas sempre tudo valeu muito a pena”.

O trabalho em equipe de elenco e direção foram fundamentais para que a atriz construísse a personagem com vigor em cena.

“A gente tentou trazer verdade para tudo. O fato de a gente ter ficado cinco meses no sertão, tudo isso é muito importante para construir a Maria. A Maria é o que é por conta de tudo o que a Alice viveu esse tempo também. Eles têm uma coisa de criar uma atmosfera entre o elenco e a equipe que é muito fundamental. O Zé [José Luiz Villamarim, diretor] sabe como acessar as pessoas, tem um lugar ali que é inevitável falar sobre. A Maria não é só minha, é de todos. Convivendo junto e sentindo tudo isso junto não é uma pessoa só”, afirmou.

Alice admira a força de sua personagem em busca do paradeiro do irmão Nonato (Marco Pigossi) e conta que tem recebido um feedback de muitas mulheres pelas atitudes em cena.

“A Maria carrega a força feminina dentro dela, que não diz respeito só a ela mas a todas as mulheres que a gente vê aqui no Brasil. Tenho recebido muitas mensagens de mulheres dizendo: ‘obrigada por representar a gente, por trazer a nossa força dentro dessa personagem. Isso é muito importante para mim. Sei as dores e as delícias”.

A sensualidade da jovem em cena é vista por Alice com naturalidade. “Acho que todo mundo tem esse lado. É saber explorar nas horas certas”.

Apesar dos elogios por sua atuação na supersérie, a jovem atriz, de 22 anos, tem consciência que ainda tem um longo caminho a trilhar na carreira e diz admirar a dedicação de Patrícia Pillar, Debora Bloch e Alexandre Nero. “Observo o todo. Vejo o quanto ainda tenho para aprender. Não me sinto 100% pronta. Então é muito bonito ver pessoas experientes ainda estudando o texto, marcando. A Patrícia tem essa relação com o texto de iluminar, marcar. Quando você cai na ilusão de que é o melhor, você acaba perdendo esse brilho nos olhos. O brilho nos olhos é justamente o fato de você saber que ainda tem que aprender. É uma cilada acreditar”, diz.

“É uma personagem que é muito grande, em todas as camadas. A Maria está me colocando num lugar diferenciado. Mas ainda assim quero me surpreender muito no futuro”, completa.
 
UOL
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger