BANNER TOPO

Mostrando postagens com marcador Paraíba. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paraíba. Mostrar todas as postagens

Paraíba tem 17 casos confirmados de coronavírus, um deles é da cidade de Patos-PB

Nenhum comentário

segunda-feira, 30 de março de 2020--

A Paraíba está com 17 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (30). Três casos foram confirmados nesta segunda. Um deles em um idoso de 69 anos, residente de João Pessoa. Ele segue em isolamento domiciliar acompanhado pela vigilância municipal.

Outro paciente é um homem, de 36 anos, que mora em Patos e está internado em um leito de UTI do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. O outro mora em João Pessoa está em isolamento domiciliar. A SES ainda não divulgou os detalhes sobre cada caso.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar 12 casos em João Pessoa, 2 em Campina Grande, 1 em Igaracy, 1 em Patos e 1 em Sousa. Os quatro novos casos confirmados seguem em isolamento domiciliar acompanhados pela vigilância municipal.

Nesta segunda-feira, os exames haviam descartado apenas um caso com suspeita de infecção pelo coronavírus. Com isso, a Paraíba tem os seguintes destaques:

17 casos confirmados
349 casos descartados
Nenhuma morte


G1pb 

Casos de coronavírus na Paraíba em 30 de março

Nenhum comentário
A Paraíba está com 15 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (30). Um caso foi confirmado nesta segunda em um idoso de 69 anos, residente de João Pessoa. Ele segue em isolamento domiciliar acompanhado pela vigilância municipal.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar 11 casos em João Pessoa, 2 em Campina Grande, 1 em Igaracy e 1 em Sousa. Os quatro novos casos confirmados seguem em isolamento domiciliar acompanhados pela vigilância municipal.

Nesta segunda-feira, os exames haviam descartado apenas um caso com suspeita de infecção pelo coronavírus. Com isso, a Paraíba tem os seguintes destaques:

15 casos confirmados
349 casos descartados
Nenhuma morte 



G1pb

Homem morre com suspeita de coronavírus, em João Pessoa

Nenhum comentário
Um homem de 34 anos morreu na manhã desta segunda-feira (30), em João Pessoa. Mateus Zerbone Carlos, publicitário e filho do empresário Eduardo Carlos, presidente da Rede Paraíba de Comunicação, estava internado no Hospital Clementino Fraga, na capital. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o paciente tinha suspeita de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19), mas o resultado do teste que confirma ou não a doença ainda não foi divulgado.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que o resultado do exame que pode confirmar a causa da morte deve sair nesta terça-feira (31). Doze mortes já foram notificadas por suspeita de contágio pelo coronavírus, e pelo menos outros seis casos suspeitos já foram descartados.

Mateus deu entrada no Clementino Fraga na semana passada com quadro de insuficiência respiratória. Ele foi entubado e uma insuficiência renal agravou o estado de saúde. No domingo (29) o paciente apresentou uma discreta melhora, mas morreu na manhã desta segunda-feira.

Ainda não há informações sobre velório. De acordo com a família da vítima, o corpo será cremado, mas ainda não foi divulgada a data.


G1pb

Exame descarta coronavírus em paciente que morreu em Patos

Nenhum comentário

domingo, 29 de março de 2020--

A Secretaria de Saúde do Estado informou neste sábado (28) que o exame laboratorial descartou a existência do novo coronavírus na paciente de 40 anos que morreu com suspeita de Covid-19, no Complexo Hospitalar Regional de Patos, no dia 19 de março. Ainda segundo a SES, o exame também deu negativo para a H1N1.

Histórico

A mulher deu entrada na unidade na quinta-feira (19), com diagnóstico de doença renal crônica. A vítima só passou a ser tratada como caso suspeito após a direção da unidade ser informada que ela teve contato com um familiar do Rio de Janeiro.

“Nós só soubemos o histórico de viagem da filha dessa paciente após o óbito, tanto que essa paciente não deu entrada no hospital como caso suspeito do COVID-19. Ela era uma paciente renal crônica, já fazia hemodiálise e deu entrada com sintomas suspeitos de pneumonia”, disse a diretora do Complexo Liliane Sena.

Até  o início da manhã desse sábado (28), a Paraíba tinha 14 casos confirmados de Covid-19, 348 casos descartados e nenhuma morte causada pela doença.




Portal TV Sol




 

Sobem de 10 para 14 os casos confirmados de coronavírus na PB

Nenhum comentário

sábado, 28 de março de 2020--

Em menos de 24 horas, subiu de 10 para 14 o número de casos de coronavírus na Paraíba, novo vírus causador da Covid-19. A atualização foi divulgada na manhã deste sábado (28) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Outros 348 casos foram descartados e três mortes suspeitas continuam em investigação.

Segundo a Pasta, são 10 casos em João Pessoa, 1 em Igaracy, 1 em Sousa e 2 em Campina Grande. Apenas um desses casos, uma mulher de 55 anos, está internada em leito regular de hospital privado na Capital.


Na atualização deste sábado (28), a SES não divulgou o número total de casos suspeitos no estado, nem quantos pacientes estariam hospitalizados com sintomas respiratórios.




Portal Correio
 

Paraíba tem nove casos confirmados de coronavírus, diz SES. São seis em João Pessoa, um em Igaracy, um em Sousa e um em Campina Grande

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de março de 2020--

A Paraíba está com nove casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta sexta-feira (27). Os dois novos pacientes têm 56 e 42 anos e são, respectivamente, das cidades de João Pessoa e Campina Grande. Ao todo, 57 casos foram descartados nesta sexta-feira.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar seis caso em João Pessoa, um em Igaracy, um em Sousa e um em Campina Grande. Apenas um desses casos, uma mulher de 55 anos, está internada em leito regular de hospital privado na capital.

Acompanhe os sete casos por ordem crescente de confirmação:
Homem, de 60 anos, que mora em João Pessoa
Homem, de 60 anos, que mora em Igaracy
Mulher, de 31 anos que mora em João Pessoa
Mulher, de 45 anos, que mora em João Pessoa
Mulher, de 55 anos, que mora em João Pessoa
Homem, de 34 anos, que mora em João Pessoa
Homem, 26 anos, que mora em Sousa
Homem, 56 anos, que mora em João Pessoa
Mulher, de 42 anos, que mora em Campina Grande

Os três primeiros pacientes que tiveram os testes confirmados para o coronavírus estão recuperados, de acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Conforme a assessoria da SES, os três já estão fora do período de 14 dias de transmissão da doença, estão bem e em casa.

Nesta sexta-feira, exames haviam descartado mais 57 casos com suspeita de infecção pelo coronavírus. Com isso, a Paraíba tem os seguintes destaques:



Nove casos confirmados
284 casos descartados
Nenhuma morte


G1pb



Paraíba registra mais dois casos confirmados de coronavírus

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de março de 2020--

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) anunciou na noite desta quarta-feira (25) mais dois casos confirmados do novo coronavírus na Paraíba. As pacientes são duas mulheres, de 45 e 55 anos, que moram em João Pessoa.

Com esses novos casos, a Paraíba soma cinco casos confirmados de Covid-19.

As duas mulheres tiveram contato com casos suspeito de Covid-19, que ainda estão em investigação. Elas seguem em isolamento domiciliar e estão sendo acompanhadas pela vigilância municipal.

Ainda nesta quarta, 17 outros casos suspeitos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, foram descartados. Com isso, o estado possui até o momento, cinco casos confirmados e 117 descartados.

A Paraíba tem ainda 33 pacientes internados com suspeita de infecção por coronavírus. Deles, oito estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Os outros três casos confirmados na Paraíba são de um homem de 60 anos, morador da cidade de Igaracy, no vale do Piancó a cerca de 454 km de João Pessoa, no Sertão paraibano; de um outro idoso, também de 60 anos, morador de João Pessoa; e de uma mulher, 31 anos, residente em João Pessoa com histórico de viagem para São Paulo no dia 14 de março. 

Os três primeiros pacientes que tiveram os testes confirmados para o coronavírus estão curados, de acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Conforme a assessoria da SES, os três já estão fora do período de 14 dias de transmissão da doença, estão bem e em casa.




G1pb


 

Água e luz não podem ser cortadas durante estado de calamidade

Nenhum comentário

quarta-feira, 25 de março de 2020--

Durante o período de calamidade pública devido ao novo coronavírus, os consumidores não podem ter seus serviços de água e luz suspensos. Essa decisão foi uma recomendação da Defensoria Pública do Estado (DPE-PB) e proferida legalmente pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e comunicado às companhias fornecedoras dos serviços básicos na Paraíba, Cagepa e Energisa.

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) informou que vai acatar a recomendação da Defensoria Pública da Paraíba, adotando meios menos gravosos de coação para a cobrança. Em nota, o órgão ressaltou que as faturas relativas à aferição do consumo de água continuarão sendo emitidas normalmente e deverão ser pagas pelo usuário pelos canais presenciais ou virtuais. A suspensão temporária do corte de água não implicará em prorrogação da data de vencimento para o pagamento das faturas.

Já a Energisa foi proibida pelo TJPB de realizar a suspensão do fornecimento de energia elétrica de todos os consumidores inadimplentes. O Tribunal também determinou que sejam religadas as unidades consumidoras que eventualmente tiveram suspenso o fornecimento após a decretação de Situação de Emergência em 13 de março, sob pena de multa diária de R$ 5 mil por consumidor, limitada a 10 dias. Vale ressaltar que as medidas em relação à Energisa valem apenas para o município de João Pessoa e atende a um pedido da Defensoria Pública do Estado.

Energisa

Em nota, a e Energisa informou que não comenta ações judiciais em curso. A empresa destaca que a distribuição de energia foi listada como serviço essencial à população no decreto n. 10.282, editado pelo Governo Federal para combater a crise provocada pela Covid-19. Pelo texto, as atividades não podem parar e limitações a seus serviços só podem ser feitas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) (órgão regulador) em articulação com a União (poder concedente).

“A Energisa esclarece ainda que a discussão e tomada de decisão sobre uma possível desoneração dos consumidores não cabe exclusivamente às distribuidoras. Quaisquer medidas só podem ser implementadas com a adequada análise do Ministério de Minas e Energia e da Aneel, que regula nosso setor. É um tema que precisa envolver todos os segmentos que estão inseridos na conta de luz: Geradores, Transmissores, Governos Estaduais, Governo Federal e beneficiários de encargos e subsídios. Todo o setor de energia está unido em diálogo aberto com o Ministério de Minas e Energia e a Aneel através do recém-criado Comitê Setorial de Crise. A prioridade é buscar soluções que sejam pensadas em âmbito nacional”, disse.

A Energisa informou ainda que mantém em curso todas as atividades para garantir energia na casa de seus mais de 7,8 milhões de clientes em 10 estados no país e tomou todas as medidas de segurança necessárias para proteger colaboradores próprios, terceirizados e a população.

Atualização: Aneel suspende corte de luz por 90 dias

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (24) um pacote de medidas especiais em resposta à pandemia de coronavírus, incluindo a suspensão por 90 dias de cortes do serviço de eletricidade por inadimplência para consumidores residenciais e serviços essenciais. A medida vale para todo o Brasil e se sobrepõe à decisão da Justiça da Paraíba que valeria apenas para João Pessoa.

Paraibanos terão parcelas de microcrédito do Banco do Nordeste prorrogadas

Nenhum comentário

terça-feira, 24 de março de 2020--

Mais de 166 mil paraibanos terão parcelas de pagamento do microcrédito urbano (Crediamigo) do Banco do Nordeste prorrogadas. A medida foi anunciada pelo órgão nesta segunda-feira (23) e adotada em apoio ao plano de contingência nacional de infecção pelo novo coronavírus, causador da Covid-19. 

Os clientes que não se interessarem pela ação, devem fazer o pagamento convencional.

Outra condição adotada pela instituição é a carência de 30 dias para o pagamento de novas contratações ou renovações de financiamentos. O objetivo das medidas é que os usuários permaneçam adimplentes com os empréstimos e possam renová-los nos próximos meses.

O programa de microcrédito do BNB foi responsável por injetar cerca de R$ 742,3 milhões na Paraíba em 2019, com empréstimos de até R$ 21 mil.



G1pb

Sobe para 03 o número de casos confirmados do COVID-19 na Paraíba

Nenhum comentário
As informações sobre o número de casos do Coronavírus no Estado da Paraíba continuam preocupando, na manhã desta terça-feira 24, a Secretaria de Estado da Saúde, confirmou o terceiro caso.

A terceira vítima que testa positivo é uma mulher de 31 anos, residente em João Pessoa com histórico de viagem para São Paulo retornando a João Pessoa no último dia 14 de março. Ao apresentar os sintomas, a mesma entrou em contato com a SES pelo Plantão de Dúvidas (Telefone 9. 9146-9790), sendo realizada a coleta. A Paciente segue em isolamento domiciliar, sendo monitorada pela vigilância municipal.

A última atualização sobre o COVID-19 na Paraíba foi disponibilizada às 10h de hoje, 24 de março, a SES continuará atualizando os números diariamente, é de suma importância que a população obedeça as medidas tomadas, a Hashtag mais usada do momento nas redes sociais é #FIQUEEMCASA.

Atualização COVID-19 (24/03) | 10hs

Casos Confirmados: 03

Casos Descartados: 61
Portal TV Sol

COVID-19: Cagepa suspende corte de água durante pandemia

Nenhum comentário

domingo, 22 de março de 2020--

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) não vai suspender o fornecimento de água a consumidores inadimplentes durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O órgão informou que vai acatar a recomendação da Defensoria Pública da Paraíba, adotando meios menos gravosos de coação para a cobrança. O ofício foi encaminhado na última quarta-feira (18) pelo Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) da Instituição.

Em nota, o órgãos ressatou que as faturas relativas à aferição do consumo de água continuarão sendo emitidas normalmente e deverão ser pagas pelo usuário pelos canais presenciais ou virtuais. A suspensão temporária do corte de água não implicará em prorrogação da data de vencimento para o pagamento das faturas.

“Mesmo não havendo corte, solicitamos que o usuário dê prioridade ao pagamento de sua conta. Isso para evitar o acúmulo de faturas inadimplentes e também considerando que a água é um bem essencial e o seu tratamento e distribuição implicam em custos com insumos que precisam ser pagos em dia, visando a manutenção e operação desse serviço essencial no combate ao novo coronavírus”, manifestou o órgão por meio de nota.

As recomendações feitas pela DPE-PB à Cagepa e a Energisa consideraram, entre outros aspectos, a redução de renda de pessoas autônomas durante o período de isolamento proposto pelas autoridades sanitárias do país.

Em resposta à Defensoria Pública, a Energisa informou que não suspenderá o fornecimento de clientes inadimplentes.

“Essa discussão e tomada de decisão não cabe exclusivamente às concessionárias. Quaisquer medidas de desoneração aos consumidores só podem ser implementadas com a adequada análise do Ministério de Minas e Energia e da Aneel, que regula o setor”, justificou.



MaisPB

PB tem 187 casos suspeitos de coronavírus com 17 internações

Nenhum comentário
A Paraíba tem 187 casos suspeitos de coronavírus, causador da Covid-19. Os dados atualizados foram divulgados na noite deste sábado (21) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O estado segue com apenas um caso confirmado, de um homem com 60 anos, de João Pessoa, que já estaria curado. Quarenta casos foram descartados em toda a Paraíba.

Os dados apontam que há 17 pessoas internadas com suspeitas da doença, sendo 10 delas em João Pessoa. Dentre as 10, quatro estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo três delas em hospital privado. As outras internações estão em Campina Grande (2), Patos (1), Sousa (1), Monteiro (1) e Cajazeiras (2). Duas mortes são investigadas, registradas em João Pessoa e Patos.

Sintomas e cuidados

Só são recolhidos materiais para teste do coronavírus apenas casos graves (pessoas que apresentem falta de ar, dificuldade para respirar, dor no peito e febre que se prolongue por mais de 72 horas, mesmo com o uso de antitérmicos). Recém-nascidos, gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto), idosos e pessoas com doenças crônicas devem procurar assistência médica para devida orientação e serem priorizados. 

Os casos leves, que podem chegar a até 80% dos registros, irão se comportar como um quadro gripal, com cuidados como isolamento domiciliar, boa hidratação e alimentação e medidas de etiqueta respiratória (proteger a boca com o antebraço ao tossir ou espirrar).

Estrutura de atendimento

O governador João Azevêdo (Cidadania) anunciou, neste sábado (21), a implantação de mais 300 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para atender demandas de atendimento para o coronavírus, representando um investimento de R$ 30 milhões. De acordo com o gestor, a medida vai reforçar a rede hospitalar, que já reservou 270 leitos de enfermaria e 90 leitos de UTIs, anunciados em um plano de contingenciamento.

Segundo a Secretaria de Saúde, a Paraíba conta com 205 hospitais e mais de 8 mil leitos, sendo 132 hospitais públicos, destes 32 estaduais e mais de 6 mil leitos são públicos.

Calamidade pública

O governador decretou, neste sábado (21), estado de calamidade pública na Paraíba devido à grave crise de saúde pública decorrente da pandemia do coronavírus e de suas repercussões nas finanças públicas do Estado. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) e autoriza a adoção de medidas excepcionais para combater à disseminação da Covid-19 no território paraibano.

Estão impedidas atividades em academias, ginásios, centros esportivos púbicos e privados; shoppings, galerias comerciais, bares, restaurantes, casas de festas, casas noturnas, boates e estabelecimentos similares; cinemas, teatros, circos, parques de diversão e estabelecimentos congêneres, públicos e privados; e embarcações turísticas, de esporte e lazer, em todo o litoral paraibano. A recomendação das autoridades é permanecer em casa.

Em João Pessoa, o serviço de ônibus está suspenso, funcionando apenas para o deslocamento de profissionais da saúde, com horários específicos. Em Campina Grande, o sistema de transporte opera com 32% da frota.

Casos de coronavírus no Brasil

O número de casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, subiu de 904 para 1.128 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde. O número de mortes aumentou de 11 para 18. Os dados consideram informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde até as 16h deste sábado (21).


Portal Correio

PB antecipa férias escolares devido ao risco de infecção por coronavírus

Nenhum comentário

terça-feira, 17 de março de 2020--

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), anunciou, na manhã desta terça-feira (17), a antecipação das férias escolares da rede pública estadual. As aulas ficarão suspensas de 19 de março a 18 de abril, como forma de prevenção à disseminação do novo coronavírus. O Estado determina que escolas municipais e privadas sigam a mesma medida. A Paraíba ainda não registrou casos de novo coronavírus. Segundo boletim divulgado no início da manhã, 48 suspeitas são investigadas e 16 foram descartadas desde o início das notificações.

Entre as medidas de combate ao vírus, o Estado divulgou também:

– suspensão do atendimento presencial ao público externo em repartições, devendo-se dar preferência ao atendimento por telefone ou e-mail;

– elaboração de esquemas de trabalho para que servidores com idade acima de 60 anos, exceto os vinculados à Saúde e Segurança Pública, executem suas atividades por via remota (home office ou videoconferência);

– determinação da não realização de atividades promovidas pelo Governo do Estado que envolvam a aglomeração de pessoas;

– recomendação da suspensão de eventos de massa pelo prazo de 90 dias;

– suspensão de férias dos profissionais da Secretaria de Estado da Saúde por dois meses, exceto casos excepcionais autorizados pelo secretário;

– recomendação aos serviços ambulatoriais para que avaliem as consultas agendadas de público de usuários idosos e com doenças associadas;

– suspensão de visitas sociais aos internos e serviços de assistência religiosa e capelania, além da suspensão de acesso de pessoas externas que promovam a realização de projetos sociais e de assistência educacional, durante 15 dias, a partir de 20 de março;

– promoção de reunião na próxima quinta-feira (19) com o Ministério Público Estadual e a Federação Paraibana de Futebol para definição quanto a realização dos jogos com portões fechados, sem a presença de público nas próximas rodadas do Campeonato Paraibano de Futebol, bem como da suspensão do referido certame;

– determinação às Instituições de Longa Permanência e Abrigos que não permitam pelo prazo de 30 dias visitas aos idosos residentes. Além disso, articulem uma Unidade de Saúde mais próxima para vacinação anti-influenza dos idosos a partir do dia 23 de março;

– recomendação a locais com grande circulação de pessoas para que ampliem a frequência de limpeza e desinfecção de pisos, corrimão, maçanetas e banheiros fazendo uso de produtos químicos com potencial para desinfecção e disponibilizem dispensadores de álcool em gel para população.

Estado está sob alerta, mas seguro

Segundo o governador João Azevêdo, ainda não são cogitadas medidas extremas, como fechamento de estabelecimentos comerciais. Ele destacou que o Governo do Estado está confiante no plano de contingência e não há razão para alarde. O Estado prevê a instalação de postos nas rodoviárias e aeroportos para identificar se pessoas que chegam à Paraíba trazem risco à população.

“A Paraíba está numa situação de vanguarda. Estamos nos antecipando para que não ocorra aqui o que está acontecendo em outros estados”, destacou.

O secretário da Saúde, Geraldo Medeiros, reforçou as recomendações de distanciamento social, especialmente para idosos, grupo cujos índices de letalidade da doença são mais elevados. Ele informou que o Estado espera confirmar casos nos próximos dias, mas está preparado para conter a disseminação da doença.

“Nós teremos casos confirmados na Paraíba, claro que teremos. Mas nossa intenção é minimizar a curva de transmissão. Queremos fazer a diferença. Ser diferente da China, da Itália e do restante do país. Estamos sendo radicais nas medidas para combate ao vírus. O cuidado de saúde pública que está sendo executado desde 21 de fevereiro tem sido eficiente”, acrescentou.

Coronavírus

O coronavírus é uma família de vírus que causa infecções respiratórias. O novo agente foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China. A doença provocada pelo vírus foi batizada de Covid-19.

Por ter atingido de forma expressiva os cinco continentes, a Covid-19 já é considerada pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, 301 casos foram confirmados pelo Ministério da Saúde até a manhã desta terça. 



Portal Correio

Audiência de conciliação entre Governo e Polícias da Paraíba acontece nesta sexta (28)

Nenhum comentário

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020--

O Tribunal de Justiça da Paraíba realiza nesta sexta-feira (28), a audiência de conciliação com o Governo do Estado e os representantes das entidades das forças policiais. A audiência acontece às 9h, na Sala de Reunião da Presidência, 6º andar (Anexo Administrativo Desembargador Archimedes Souto Maior).

A reunião foi marcada pelo desembargador Leandro dos Santos, relator da Ação Declaratória de Ilegalidade de Greve, ajuizada pelo Estado da Paraíba contra o Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Bombeiros.

Só terão acesso ao recinto da audiência os representantes estatutários das Entidades Promovidas, acompanhados dos seus respectivos advogados, bem como a Parte Promovente, representada pela Procuradoria-Geral do Estado ou do próprio Governador da Paraíba, que foi convidado para o ato, bem como dos Secretários Titulares das pastas que possuam pertinência temática com o tema em testilha”, destacou o desembargador em seu despacho.

A imprensa poderá fazer imagens antes do início dos trabalhos e após o final da reunião.

No último dia 19, o desembargador deferiu medida liminar, requerida pelo Estado da Paraíba, para declarar ilegal qualquer movimento de caráter paredista que envolva as forças policiais, sejam paralisações ou deflagrações de greve. Em caso de descumprimento foi fixada uma multa diária, no valor de R$ 500 mil para cada entidade promovida, além de uma multa pessoal, diária, no valor de R$ 300 mil, para os membros da diretoria de cada entidade promovida.


Nos autos da ação, o Estado alegou a existência de um movimento paredista, deflagrado pelo Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros. Por se tratar de um caso hipersensível para a sociedade, e considerando o alto interesse em pacificação entre as partes, o desembargador Leandro dos Santos, que é também diretor geral do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflito do TJPB (Nupemec), decidiu designar uma audiência de conciliação com as partes.

Além dele, participarão da reunião os diretores adjuntos do Nupemec, os juízes Antônio Carneiro de Paiva Júnior, Bruno César Azevedo Isidro e Fábio Leandro de Alencar Cunha.



ClickPB.

ALPB promulga lei que libera bebidas alcoólicas em estádios paraibanos

Nenhum comentário

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020--

Depois de um período tramitação em busca de aprovação, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) promulgou, nesta terça-feira, o consumo e o comércio de bebidas alcoólicas dentro dos estádios da Paraíba. O decreto foi feito pelo presidente da entidade, Adriano Galdino, no Salão Nobre da ALPB.

Sendo assim, a comercialização de bebidas está autorizada em eventos esportivos na Paraíba. Os fornecedores vão precisar, necessariamente, fazer um cadastro e buscar autorização junto à Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (SEJEL). Os consumidores vão poder comprar até duas unidades de sua preferência, por vez. No entanto, a venda só vai poder ser finalizada mediante a apresentação de documentação que comprove que o cliente é maior de 18 anos.

O projeto de Lei 583/2019 foi autorizado no último dia 12 de dezembro. O PL foi elaborado pelo deputado estadual Edmilson Soares (Podemos) e se referenciou na Lei Geral da Copa, que é legislação da Fifa. É que, mesmo com a liberação não sendo necessariamente uma regra, as bebidas alcoólicas foram comercializadas na Copa de 2014, mesmo sem leis específicas que autorizassem as vendas.

Quando os eventos estiverem sob a responsabilidade dos clubes, estes vão precisar reverter 0,5% do faturamento total do ano em campanhas educativas pelo uso moderado, a embriaguez ao volante e contra a venda alcoólicas para menores de 18 anos.

De acordo com a propositura, "o período para a comercialização das bebidas é duas horas antes de começar a partida até 15 minutos depois da finalização do jogo".

GEPB

Policiais civis e militares ameaçam entrar em greve na PB

Nenhum comentário

sábado, 18 de janeiro de 2020--

O governo de João Azevedo pode passar pela primeira greve geral unificada dos servidores da segurança pública. Na manhã desta sexta-feira (17), representantes do Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar da Paraíba, composto por 14 entidades, foram recebidos pela equipe econômica do Governo do Estado, porém não houve avaliação da proposta de subsídio e média salarial do Nordeste apresentada em dezembro de 2019. Insatisfeitos, os sindicalistas saíram da reunião anunciando que uma greve é possível.

Os representantes das entidades foram recebidos pela equipe técnica do Governo do Estado que, além de não avaliar a 2ª proposta de pagamento de subsídios entregue em dezembro de 2019, propuseram um reajuste de 5% para todos os servidores, o que não foi aceito pelos sindicalistas, que alegaram que a cobrança da previdência retirará 3% do proposto aumento.

Nas primeiras semanas de janeiro de 2020, após uma reunião de avaliação, os representantes do Fórum decidiram por uma Assembleia Geral Unificada para dia 5 de fevereiro já com a intenção de esperar a resposta do Governo do Estado. Como a proposta não foi avaliada pela equipe de João Azevedo, as 14 entidades estudam a possibilidade de greve geral.

“Marcamos uma Assembleia Geral para fevereiro porque acreditamos no diálogo. Não é possível que depois de tanto fazermos pela sociedade paraibana, com 8 anos consecutivos de  redução de criminalidade, o Governo não faça o que os outros estados do Nordeste já fizeram, que é pagar dignamente o policial militar e civil. Estamos pedindo apenas uma média salarial fracionada até 2022”, afirma Steferson Nogueira, presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraíba (Adepdel).


Constituição
 
As entidades discutem o subsídio da categoria, previsto na Constituição Federal. O Fórum foi criado em maio de 2019 para unificar os pleitos. Após a negativa, por parte do Governo do Estado, da 1ª proposta enviada pelo Fórum, uma 2ª proposta foi redigida em dezembro de 2019 e também continua sem a avaliação do Governo. Os servidores alegam receber o pior salário do Nordeste.
 
 
 
 
Portal Correio

Concursos inscrevem para 515 vagas em três Prefeituras da Paraíba

Nenhum comentário

domingo, 12 de janeiro de 2020--


Continuam abertas as inscrições de para contratação de profissionais para trabalharem nas prefeituras das cidades paraibanas de Sapé, Cabedelo e Mataraca.

Em Sapé, na Zona da Mata paraibana, são oferecidas 182 vagas em cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior com salários que variam de R$ 998 a R$ 2,8 mil. As inscrições, que iniciaram no dia 12 de dezembro de 2019 vão até o dia 19 de janeiro de 2020 exclusivamente pela internet, no site da organizadora.

Em Cabedelo, na Grande João Pessoa, são oferecidas 276 vagas e salários que variam de R$ 1.039 a R$ 2,077,50 para cargos de níveis médio, médio/técnico e superior. As inscrições que iniciaram no dia 6 de janeiro vão até o dia 9 de fevereiro de 2020.

Já Mataraca, no Litoral Norte, oferece 57 vagas em vários níveis com salários que podem chega a R$ 11 mil. As inscrições iniciaram no dia 18 de dezembro de 2019 vão até o dia 4 de de fevereiro de 2020.

MaisPB

Procuradoria-Geral do Estado terá concurso com 12 vagas

Nenhum comentário

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020--

Foi publicado, no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta sexta-feira (10), regulamento para concurso público da Procuradoria-Geral do Estado. Serão ofertadas 12 vagas, com reserva para pessoas com deficiência. A remuneração para o cargo é R$ 15.014,34. O regulamento completo está disponível a partir da página 4 do DOE.

O concurso será composto por prova objetiva, prova discursiva e prática e prova de títulos. As fases do concurso são preclusivas, de modo que o candidato que não comparecer ou não for habilitado em qualquer uma delas ficará excluído das seguintes.

Poderão se inscrever no certame bacharéis em Direito sem inscrição ativa na Ordem de Advogados do Brasil (OAB), mas para tomar posse será obrigatória a apresentação do registro junto à entidade.



Portal Correio



Programas de incetivo ao esporte na PB ganham nova ‘roupagem’

Nenhum comentário

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020--

O secretário Hervázio Bezerra, titular da Secretaria de Estado da Juventude Esporte e Lazer (Sejel), enfatizou a atitude do governador João Azevedo em destinar recursos para o esporte paraibano com o programa Incentiva Esporte. O anúncio do novo projeto que beneficiará tanto o esporte amador como o futebol profissional, será lançado na segunda-feira (13), às 10h00, na Vila Olímpica Paraíba.

“Durante a prestação de contas do seu primeiro ano mandato, realizada no Teatro Paulo Pontes, o governador João anunciou publicamente o quanto o esporte será beneficiado, pois o Incentiva Esporte vai encabeçar os investimentos através do Paraíba Esporte Total e Bolsa Esporte. Tudo vai funcionar com muito critério e transparência no intuito de ver o esporte e o para-desporto crescendo cada vez mais no nosso estado”, disse Hervázio.

“Não prospera a afirmação de que os programas irão acabar. Muito pelo contrário, pois eles ganham uma nova cara com uma roupagem mais moderna, diferentemente do que estão dizendo por aí, o que não é verdade, já que o Bolsa Esporte terá uma comissão para analisar cada inscrição de forma criteriosa e com bastante lisura para julgar os processos, antes de serem deferidos”, concluiu.

MaisPB

Construção de novos parques eólicos no Sertão do Estado vão gerar mais de mil empregos

Nenhum comentário

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020--

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou neste dia (2) a aprovação de financiamento no valor de R$ 1,3 bilhão para a empresa Neoenergia, controlada pelo grupo espanhol Iberdrola. Os recursos do empréstimo, que corresponde a 80% do investimento total de R$ 1,6 bilhão, serão aplicados na construção de 12 parques eólicos e no sistema de transmissão associado, na Paraíba.

Os parques aumentarão em 370,8 megawatts (MW) a capacidade instalada de geração de energia no Brasil. Segundo informou o BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa, esse volume de megawatts é suficiente para abastecer cerca de 840 mil residências. O projeto envolve um total de 15 parques de geração de energia por meio de ventos.

Os parques eólicos configuram Sociedades de Propósito Específico (SPE), que são controladas pela Força Eólica do Brasil S.A., empresa sob controle da Neoenergia.

Nas fases de construção e operação deverão ser gerados 1,3 mil empregos diretos e indiretos. Os parques ficarão situados nos municípios de Santa Luzia, São José do Sabugi, São Mamede e Areia de Baraúnas, com entrada em funcionamento prevista para 2022.

Agência Brasil
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger