Header Ads

IPTU Patos

Homem que matou ex-mulher a facadas por não aceitar fim do casamento é condenado a 27 anos de prisão


Foi a júri popular nesta segunda-feira (14), Evani Lucena, que matou a ex-esposa facadas em abril de 2021.

O crime ocorreu no distrito de Santa Gertrudes, Região de Patos. Cláudia Gomes de Medeiros, de 28 anos, foi morta com vários golpes de faca. Ela chegou a ser socorrida para o Complexo Hospitalar de Patos, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Segundo as investigações, o Evani não aceitava o fim do relacionamento. Na ocasião, o casal estava separado há cerca de dois meses e segundo familiares, a jovem decidiu terminar o relacionamento devido as agressões que sofria do marido.

O suspeito fugiu após cometer o crime, mas acabou se entregando 10 após ter matado Cláudia e confessou ter sido o autor do feminicídio.

O júri estava marcado para acontecer no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, porém, devido a não aceitação de advogado por parte do réu, o julgamento teve que ser adiado.

Evani Lucena foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado. Após o julgamento, ele foi levado para Presídio Romero Nóbrega, onde cumprirá sua pena.

 

Notícia Paraíba

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.