Header Ads

AGAPE

Mutirão de cirurgias de Catarata no Hospital do Bem contempla 300 pacientes de 24 municípios do Sertão


A aposentada Maria de Fátima Costa do Nascimento, de 67 anos, da cidade de Emas, esperou quase 12 anos para poder realizar a cirurgia de Catarata e, nesta quinta-feira (16), ela finalmente pôde realizar o procedimento. A paciente é uma das 300 pessoas, de 24 municípios do sertão, contempladas com essa primeira etapa de cirurgias coletivas realizadas dentro do projeto ‘Opera Paraíba’, na sede do Hospital do Bem, de Patos. A ação que começou hoje e termina somente no sábado, vai assegurar a realização do procedimento de cem pessoas por dia. Para tanto, quatro oftalmologistas contratados pelo Estado se revezarão para assegurar a cirurgia de 50 pacientes, a cada turno de trabalho.


“Estou muito alegre em fazer essa cirurgia e espero que dê tudo certo. Há muito tempo que eu esperava esse momento e finalmente ele chegou e estou gostando muito do atendimento, do prédio que é muito bonito e da forma como tudo está acontecendo”, disse Maria de Fátima pouco antes de entrar na sala e ser atendida pelo médico Daniel Medeiros Stropp que já participou de outros mutirões similares a esse. “É muito bom estar aqui e poder trazer esse benefício para a população. A gente se sente muito bem em poder contribuir com a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, disse o oftalmologista que operou a Sra. Maria de Fátima.

A agricultora Maria Vanuzia Simão, de 43 anos, da cidade de Junco do Seridó, saiu de sua cidade, às 6h para realizar o procedimento nesta quinta-feira, e estava bastante feliz pela oportunidade. “A minha mãe esperou muitos anos para realizar essa mesma operação, mas, graças a Deus e a iniciativa do pessoal da saúde, eu não precisei esperar muito tempo. Eu só tenho a agradecer primeiro a Deus e depois a todos daqui que estão atendendo todo mundo muito bem”, disse ela.
 

O diretor geral do Complexo Hospitalar de Patos, Francisco Guedes, ao qual o Hospital do Bem está integrado, explica que os pacientes que estão agendados para o procedimento já vieram regulados via Secretarias Municipais de Saúde junto com a Secretaria Estadual de Saúde. “O fluxo para esse mutirão ocorreu da seguinte forma. A gerência de saúde recebeu da SES o quantitativo para cada município da 6ª Região de Saúde e as cotas respectivas foram distribuídas aos municípios que identificaram os pacientes elegíveis para participar do mutirão e essa lista foi consolidada na SES após a confirmação dos dados e o Hospital do Bem cedeu o espaço para a realização dos procedimentos”, afirma o gestor.

Francisco Guedes lembra que a rotina do Hospital do Bem não será alterada em função desta ação, já que os locais destinados para a realização das cirurgias não estão atrelados às salas do atendimento ambulatorial, nem ao espaço das sessões de quimioterapia. “Tivemos o cuidado de preservar sem alteração a rotina do Hospital do Bem e os serviços prestados aos pacientes oncológicos”, reforça o diretor, adiantando que apenas o ambiente da recepção será comum tanto aos pacientes do mutirão, quanto dos serviços de tratamento do câncer.

A responsável pela 6ª Gerência Regional de Saúde, Liliane Sena, lembra que essa ação no Hospital do Bem está inserida nas atividades do ‘Opera Paraíba’ e que ele simboliza a ampliação do projeto na cidade de Patos. “A maternidade já iniciou a sua etapa e realizou, na semana passada, algumas cirurgias. Nestes dias 16, 17 e 18 acontecem às cirurgias de Catarata no Hospital do Bem e nós estamos, junto com os gestores das unidades de saúde do Estado em Patos, sugerindo algumas ações a SES para ampliar as ações do ‘Opera Paraíba’”, destaca Liliane, lembrando que uma dessas sugestões é destinar para o Hospital Infantil os mutirões de cirurgias de otorrino e outros procedimentos que envolvem a parte pediátrica, para a Maternidade Dr. Peregrino Filho os de ordem ginecológica e de obstétrica e para o Complexo Regional as cirurgias eletivas, a exemplo, das de hérnia, vesícula, etc.

Assessoria
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.