Header Ads

AGAPE

Após denúncias de festas clandestinas, força-tarefa da covid-19 interdita duas áreas de lazer em Patos


A força-tarefa de combate e controle aos efeitos do novo coronavirus, na cidade de Patos, segue com suas ações, visando fazer cumprir as normas previstas pelos decretos municipal e estadual.

Durante os finais de semana as ações da força-tarefa são intensificadas, principalmente em bares e restaurantes, para que as medidas dos decretos sejam cumpridas, e os comerciantes trabalhem dentro das normas de prevenção e segurança contra a Covid-19, evitando que seus estabelecimentos possam ter prejuízo por descumprimento.

Contudo, noite desta sexta-feira (10), a equipe formada pela Guarda Municipal, PROCON Patos, Secretaria de Meio Ambiente e Vigilância Sanitária, recebeu algumas denúncias relativas à promoção de festas clandestinas em áreas de lazer.

"Após o recebimento das denúncias, a força-tarefa se dirigiu aos locais para fazermos às devidas fiscalizações, o que nos levou à constatação da veracidade das denúncias. Duas áreas de lazer, foram interditadas uma no bairro dos Estados e outra no Novo Horizonte. De acordo com diretor do PROCON, nos locais, o pessoal que estava no interior não usavam máscaras, não havia disponibilidade de álcool em gel, controle de temperatura, além de não haver do distanciamento nem controle na capacidade de ocupação," detalhou o secretário do PROCON Patos, Ítalo Torres.

Ainda de acordo com o secretário, foi solicitado aos proprietários o encerramento dos eventos, e, em seguida, a força-tarefa procedeu com a interdição das áreas de lazer.

"A interdição segue pelo período de sete dias, não apenas pelo descumprimento das medidas sanitárias, mas também pela ausência de licenças. Em ambas, as licenças ambientais e os alvarás sanitários não existiam, ou seja, não tinham autorização para funcionar," finalizou Ítalo.

 

Clickpb

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.