Header Ads

AGAPE

Casal é condenado a 20 e 35 anos de prisão pela morte de Ketlen Kauane, em Patos


O casal Geraldo Júnior dos Santos e Géssica Borges de Sousa, acusados da morte de Ketlen Kauane Borges de Sousa, de apenas 3 anos de idade na cidade de Patos-PB, foram julgados nesta terça-feira (10) e condenados pelo júri popular.

Geraldo Júnior foi condenado pelo crime de estupro e homicídio doloso, a 35 anos de prisão.

Já Géssica Borges foi condenada por omissão pelos crimes de homicídio doloso e estupro, porém, recebeu clemência pelo crime de estupro e foi condenada a 20 anos de reclusão.

O caso ganhou grande repercussão estadual pela forma como a criança morta com cenas grotescas de violência doméstica.

A criança Ketlen Kauane Borges foi espancada e morta em outubro de 2020, no bairro Sete Casas, Zona Leste da cidade.

A perícia concluiu que a vítima foi também estuprada antes.

 

 

Portal 40 Graus

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.