Header Ads

AGAPE

Suspeito que espancou, estuprou e matou criança de três anos está em liberdade na cidade de Patos


José Geraldo dos Santos, 25 anos, suspeito de espancar, estuprar e estrangular até a morte a pequena Ketyli Kawane Borges (3 anos) está solto após passar pouco mais de 30 dias detido no Presídio Procurador Romero Nóbrega, em Patos no Sertão do Estado.


A presença de José Geraldo chocou algumas pessoas que presenciaram o acusado nas imediações da casa da mãe dele que fica na Vila Cavalcante, área leste da cidade de Patos. A prisão de José Geraldo está como preventiva, mas diante do crime hediondo se esperava que ele não saísse do Presídio tão rapidamente.

De acordo com o Delegado Dr. Sylvio Rabello, que investiga o caso, tudo leva a crer que o crime praticado teve proteção da própria mãe da criança que foi presa juntamente com José Geraldo, porém, pode está em liberdade também. O delegado concedeu várias entrevistas e deu detalhes do crime horrendo que repercutiu em todo o Estado da Paraíba e no Nordeste.

O suspeito tem histórico de violência e esteve preso anteriormente por tentativa de homicídio. José Geraldo estava no regime semiaberto mediante a pandemia do novo coronavírus e segundo a polícia praticou o crime de espancamento, estupro e estrangulamento quando gozava de liberdade.

Ainda não se sabe o que levou a soltura do acusado, no entanto, a notícia foi divulgada durante o Programa Polêmica, da Rádio Espinharas, e logo ganhou as redes sociais com relatos de indignação pelo fato da liberdade do suspeito.
 
 
Com informações do Patosonline

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.