Header Ads

AGAPE

Secretário de saúde de Patos comenta sobre aumento de casos da Covid-19 e reforça medidas preventivas


Diante do aumento de casos confirmados para a Covid-19, na cidade de Patos (PB), o secretário municipal de Saúde, José Francisco de Sousa (Zeca), ressaltou que essa tendência tem sido em nível de mundo, Brasil, e consequentemente local.

 
Zeca lembrou que mesmo com 5.849 infectados e 96 óbitos, por outro lado o município já alcançou 5.306 pacientes recuperados da doença, conforme boletim epidemiológico dessa última segunda-feira (23).
 
Ele também destacou que a taxa de letalidade em Patos é a menor do país, com percentual de 1,64% - ou seja, correspondente ao número de mortes em relação às pessoas que apresentam a doença ativa.
 
Além disso, o secretário de Saúde enfatizou que a doença na cidade de Patos vem apresentando estabilidade em razão da oferta de testagem aberta nos bairros da cidade, onde já foi possível realizar mais 19 mil exames até ontem, dia 23 de novembro.
 
“Ao investigar através da testagem, nós buscamos aqueles que estão transmitindo e estão assintomáticos. Com isso, nós aplicamos o tratamento e isolamos a área onde o mesmo reside. Isso também evita a ocupação dos leitos hospitalares com casos mais graves da doença”, ressaltou.
 
Ainda sobre o aumento de casos nos últimos dias, e da ocupação crescente dos leitos em Patos, que até ontem chegava a cerca de 50% dos leitos gerais no Complexo Hospitalar Regional, UPA e Hospital Infantil, o secretário considerou que trata-se de um somatório de atitudes descuidadas no tocante ao uso da máscara, do distanciamento social e das medidas preventivas de higiene.
 
E defendeu como armas mais eficazes para este momento, a continuidade do trabalho educativo sobre os pontos citados, as desinfecções que ocorrem semanalmente nos logradouros públicos, as testagens em massa e no centro de apoio para Covid.
 
Desta forma, Zeca acredita que a cidade de Patos caminhará bem no esforço de baixar ainda mais a taxa de letalidade e de contaminação, mas sempre contando com o apoio da população na intensificação de medidas preventivas.
 


Coordecom
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.