Header Ads

AGAPE

Sem julgamento: Dinaldinho completa 2 anos afastado da prefeitura de Patos


Nesta sexta-feira, dia 14 de agosto de 2020, faz exatamente dois anos que o prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley (MDB) foi afastado da prefeitura pela Justiça Federal da Paraíba. Nesse intervalo, Dinaldinho já apresentou diversos recursos contra a decisão do tribunal, mas nenhum deles foi aceito pela corte.  Ele não ganhou nenhum recurso até o momento.

O que mais causa estranheza aos juristas e comentaristas de assuntos jurídicos é que até o presente momento, Dinaldinho não foi ouvido pela justiça, ou seja, há dois anos está sem expor a sua versão sobre as acusações contra sua pessoa. Dinaldinho não foi julgado, portanto não tem condenações, mas segue sendo punido com o afastamento pela Justiça. Trata-se, neste caso, de uma “punição branca”, quando não há condenação, mas segue sofrendo punições.

Com isso, a cidade de Patos sofreu bastante, pois outros prefeitos tomaram posse, o vice Bonifácio Rocha e também o presidente da Câmara, à época Sales Júnior, e renunciaram ao cargo, causando a instabilidade administrativa e desordem política.

Atualmente, segue no cargo o vereador e médico Dr. Ivanes Lacerda(Republicanos), que assumiu interinamente os destinos do município, e está há um ano à frente da gestão. Mas a pressão é grande sobre o gestor que assume a prefeitura, pois os desafios são enormes nos pontos de vista administrativo e financeiro.

Na reta final, Dr. Ivanes deverá concluir o seu mandato, caso Dinaldinho não venha a renunciar após as convenções das eleições municipais de 2020, como vem circulando nas rodas de conversa política patoense.

 

 

Blog do Jordan Bezerra 
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.