BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Sem coleta moradores reclamam de acúmulo de lixo nas ruas de Patos

domingo, 12 de janeiro de 2020--

/ por Redação
Há quatro dias Moradores da cidade de  Patos, no Sertão do Estado, afirmam que são obrigados conviver com o lixo espalhado pelas ruas, após paralisação dos agentes de limpeza pública que estão sem receber seus salários.

Nas ruas é visível ver o material acumulado, como por exemplo na Rua Augusto dos Anjos (Rua da Baixa), no bairro Santo Antônio, causando mau cheiro, atraindo animais, como baratas e ratos, e aumentando o risco de doenças.

A cena se repete em outras localidades da cidade.

A empresa CONSERV, responsável pela varrição e coleta de lixo, alega que existe um débito da Prefeitura de Patos de R$ 1.969.357,06 (um milhão, novecentos e sessenta e nove mil, trezentos e cinquenta e sete reais, e seis centavos), que não há mais condições de pagar a folha de pessoal.



De Olho No Sertão
Com informações de Aírton Alves
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger