Header Ads

AGAPE

Sem coleta moradores reclamam de acúmulo de lixo nas ruas de Patos

Há quatro dias Moradores da cidade de  Patos, no Sertão do Estado, afirmam que são obrigados conviver com o lixo espalhado pelas ruas, após paralisação dos agentes de limpeza pública que estão sem receber seus salários.

Nas ruas é visível ver o material acumulado, como por exemplo na Rua Augusto dos Anjos (Rua da Baixa), no bairro Santo Antônio, causando mau cheiro, atraindo animais, como baratas e ratos, e aumentando o risco de doenças.

A cena se repete em outras localidades da cidade.

A empresa CONSERV, responsável pela varrição e coleta de lixo, alega que existe um débito da Prefeitura de Patos de R$ 1.969.357,06 (um milhão, novecentos e sessenta e nove mil, trezentos e cinquenta e sete reais, e seis centavos), que não há mais condições de pagar a folha de pessoal.



De Olho No Sertão
Com informações de Aírton Alves
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook
Tecnologia do Blogger.