BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Greve atinge pelo menos 50 cidades na Paraíba

sexta-feira, 14 de junho de 2019--

/ por Redação
Marcada para esta sexta-feira (14), a greve geral deve acontecer em pelo menos 50 cidades na Paraíba, conforme estimativa da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Em João Pessoa, a concentração está agendada para começar às 5h, na Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).
O presidente da CUT-PB, Paulo Marcelo, informou que já no começo da manhã, os militantes vão coordenar as manifestações em João Pessoa. Motoristas de ônibus, bancários, professores, e comerciários vão participar do movimento que, segundo ele, teve um grande crescimento na adesão.

Os manifestantes vão protestar contra a reforma da Previdência, o desemprego, os cortes na Educação e a privatização, pautas do governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Ele [Bolsonaro] não tem uma proposta, a população não tem um fio de esperança. Com o aumento do desemprego, o mercado informal tem crescido e o país está parado. Sem diálogo, esse governo é uma tragédia, temos que lutar contra essa inércia”, disse Marcelo.

Em Campina Grande, o Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Transportes Urbanos de Passageiros disse que pretende aderir à greve e paralisar 100% dos ônibus.

A CBTU, em nota, informou que a circulação de trens está mantida para esta sexta-feira, já que não houve adesão de todos os empregados à paralisação anunciada pelo sindicato profissional.

A greve afeta também as aulas nas universidades e nas redes municipal e estadual de ensino.
Em Patos a concentração foi na Praça Edvaldo Mota, em frente a sede do SIMFEMP. A manifestação foi pacifica e os manifestantes seguiram pelas principais ruas do centro da cidade.


MaisPB
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger