BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Acidente envolvendo van de Catolé do Rocha deixa mortos e feridos em MG

sábado, 13 de janeiro de 2018--

/ por Medeiros
Um grave acidente de trânsito deixou 13 pessoas mortas e mais de 30 ficaram feridas na BR-251, em Grão Mogol, no Norte de Minas, no início da manhã deste sábado (13 de janeiro). Seis corpos foram encontrados debaixo das ferragens dos veículos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente foi provocado por um caminhão que invadiu a contramão e seis veículos se envolveram na batida, entre eles dois micro-ônibus e uma van, que era conduzida por Kaliandro Turismo, da cidade de Catolé do Rocha-PB.

Segundo os órgãos, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves. 

Um caminhão fazia o transporte de outro caminhão no sentido Montes Claros e invadiu a contramão;
Esse caminhão colidiu com um micro-ônibus que seguia no sentido contrário, em direção a Salinas;
Uma van tentou desviar da colisão e acabou atingida por uma carreta;
Essa van saiu da pista e tombou;
O caminhão que começou o acidente continuou desgovernado;
Esse caminhão bateu ainda contra outra carreta, que transportava papel;
Essa carreta saiu da pista e pegou fogo;
Ainda desgovernado, o caminhão colidiu contra outro micro-ônibus;
O caminhão que era transportado caiu em cima desse micro-ônibus.

Segundo o Samu, ambulâncias do suporte avançado e básico de Montes Claros, e unidades de Francisco Sá, Salinas, Cristália e Porteirinha se deslocaram para o local do acidente. Um helicóptero da Polícia Militar auxiliou no socorro às vítimas, que foram levadas para hospitais de Francisco Sá, Salinas e Montes Claros.

A enfermeira do Samu Michelly Santos falou sobre o que a equipe viu logo que chegou onde ocorreu a batida.

“A situação lá é muito triste. É um micro-ônibus, um caminhão que tinha outro caminhão em cima dele, que colidiu com o ônibus e esse eixo parece que foi para dentro do ônibus. Vítimas presas nas ferragens, algumas em óbito e outras sendo retiradas. O médico do SAMU, é ele que tria os pacientes que estão em estado mais grave. Os mais graves vêm de helicóptero e os mais estáveis por transporte terrestre”, relatou.

De acordo com as informações, os catoleenses Kaliandro da Silva Oliveira (dono da empresa Kaliandro Turismo que fazia a linha Catolé – São Paulo), Elizângela de Oliveira Fernandes, mãe de Luzinara Fernandes e de Sandemar Pereira da Silva Filho, e Luzia da Silva Mendonça, estão entre as vítimas fatais do acidente.

Outras duas pessoas, identificadas como sendo Diomira Rita de Lima, de 55 anos, e o seu sobrinho Jaislan de Lima Nogueira, de 21 anos, que seriam da cidade de Riacho dos Cavalos, também faleceram no acidente.











Nomes das 7 vítimas:
1 - Luzia da Silva Mendonça, 76 anos
2 - Diomira Rita de Lima, de 55 anos
3 - Kaliandro da Silva Oliveira
4 - Jaislan de Lima Nogueira, de 21 anos
5 - Luzanira Oliveira Fernandes, 22 anos
6 - Sandemar Pereira da Silva Filho, 7 anos
7 - Elizângela Oliveira Fernandes, 43 anos

A Prefeitura de Catolé do Rocha decretou luto oficial de três dias em virtude do falecimento das vítimas catoleenses.


Fonte: G1 MG, G1 PB e Catolé Agora
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger