BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Homem que espancou companheira é preso por força de mandado de prisão

sábado, 23 de setembro de 2017--

/ por Medeiros
Foi preso nesta sexta-feira, 22, por volta das 18h, no Bairro Monte Castelo, em Patos, Marileudo da Silva Arruda, conhecido por Maro, 27 anos. Ele é acusado de violência doméstica praticada contra a sua companheira, Maria José Caiana., 38 anos, no dia 12 de agosto.

Marileudo foi preso por força de mandado de prisão expedido pelo juiz Ramonilson Alves Gomes, 2ª Vara.

O delegado de Polícia Civil, Demétrius Patrício, informou que a polícia recebeu uma denúncia de que a vítima da violência doméstica, Maria José Caiana, estaria sendo mantida sob cárcere privado.

“Na manhã da sexta-feira, recebemos a denúncia de que ela estaria sendo vítima de cárcere privado pelo próprio companheiro. Imediatamente eu disponibilizei uma equipe de policiais civis para se deslocar até a residência e confirmar a veracidade das informações. Ocorre que pra surpresa da equipe, o acusado e a vítima estavam juntos, bebendo, sem nenhum sinal de agressão ou de violência por parte do companheiro”, contou o delegado.

Para a concretização da prisão do acusado, foi necessária apresentação do laudo técnico que constatou a agressão, onde o juiz acabou reformulando a decisão e ordenando a expedição de mandado de prisão contra Marileudo. 

Segundo o delegado, Maria José ainda tentou impedir a prisão do companheiro, porém, de acordo com a Lei Maria da Penha, isso não é mais permitido.

“Independente da vontade deles, sabemos que a Lei Maria da Penha, agora, não exige mais a representação da vítima para com o agressor, se tornou, como a gente fala, de natureza pública incondicionado”, explicou.

Marileudo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde está detido na carceragem. Ele  será encaminhado ao Presídio Romero Nóbrega onde ficará à disposição da justiça.

De acordo com Demétrius Patrício, não foi possível o acusado ser levado ao presidio neste sábado, devido às regras do dia de visita naquela unidade.

Maria José Caiana foi agredida com socos e pontapés e ficou com uma grande lesão no olho e o agressor ainda acertou a vítima com um pedaço de madeira, onde a mesma chegou a desmaiar. O agressor chegou a ser preso, mas foi solto no mesmo dia, durante audiência de custódia.

Fonte: Acilene Candeia
Portal Patos Verdade
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger