BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Acusado de atirar em Delegado em Uiraúna é condenado a 13 anos de prisão

quarta-feira, 8 de março de 2017--

/ por portal de olho no sertão
Agreste paraibano, condenou a 13 anos de prisão, Ivamar de Paiva Barreto. Ele foi condenado por tentar matar o delegado da Polícia Civil, Leonardo Machado, na cidade de Uiraúna, no Sertão paraibano. O crime ocorreu em 13 de junho de 2015 e, segundo a investigação policial, ocorreu depois que acusado e vítima se esbarraram na fila de um estabelecimento comercial. 

A sentença foi prolatada pelo juiz Horácio Ferreira de Melo, por volta das 19h10.

A decisão ainda cabe recurso da defesa. A votação do júri foi encerrada por volta das 18h30, mas o resultado só foi divulgado pelo juiz depois de um intervalo.

O julgamento começou por volta das 9h. Ainda na parte da manhã, foram apresentadas versões de testemunhas, sendo quatro de acusação e três de defesa, além de materiais midiáticos, com a acusação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) feita pela promotora de justiça Artemise Leal Silva. No início da tarde foi feito um intervalo e no retorno o advogado Ozael Fernandes fez a defesa. Por volta das 16h30, foi iniciada a réplica da promotoria, seguida da tréplica da defesa.


A acusação do Ministério Público foi feita pela promotora Artemise Leal. Ivamar foi acusado de homicídio tentado duplamente qualificado, crime praticado por motivo fútil e porte ilegal de arma. Antes do julgamento, Ivamar de Paiva Barreto já estava preso no presídio PB1, em João Pessoa. Durante o julgamento, dezenas de delegados da Polícia Civil usaram cartazes pedindo justiça pelo caso.

Relembre o caso Clique aqui.

Fonte: G1 PB
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger