BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Policiais Militares da PB são afastados da corporação pela prática de homicídio e furto

domingo, 12 de fevereiro de 2017--

/ por Redação
A edição do Diário Oficial do Governo do Estado do último sábado (11) publicou portarias da Polícia Militar sobre o afastamento de dois policiais militares da corporação após comprovada a participação deles na prática de crimes.

O soldado José Roniclecio da Silva foi punido com uma licença ex officio por ter sido flagrado realizando furto no estacionamento do Hospital Regional de Patos, em 15 de outubro de 2014. Na oportunidade, o sistema de câmeras do hospital registrou o policial furtando objetos que estavam dentro de um veículo estacionado no local.

O acusado foi preso e responde à Ação Penal que tramita na 6ª Vara da Comarca de Patos.

O Diário Oficial também trouxe portaria da PM excluindo da corporação o cabo Francisco de Assis Araújo de Alencar, acusado de ter sido o mentor intelectual e um dos mandantes do homicídio do sargento da Polícia Militar de Pernambuco, Leonardo José Gomes de Vasconcelo, em 15 de maio de 2002. O policial paraibano também era acusado de pertencer a um grupo criminoso que atuava na Paraíba e em Pernambuco.

Segundo as investigações da polícia, ficou comprovado que o crime se deu pelo fato de a vítima ter apreendido, por irregularidades administrativas, um automóvel pertencente a um membro do grupo criminoso do qual fazia parte o cabo Alencar.

Ao tomar conhecimento do fato, o acusado planejou a execução da vítima.

Após o julgamento pelo Tribunal do Júri, Alencar foi condenado a uma pena de 15 anos de reclusão pela prática de homicídio doloso.



Fonte: Portal Correio
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger