BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Professores e estudantes fazem protestos contra a PEC-241 na PB

terça-feira, 25 de outubro de 2016--

/ por Redação
Grupos de professores, alunos e sindicalistas se reuniram, nesta segunda-feira (24), em pelo menos cinco municípios da Paraíba para protestar contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241. O ato aconteceu em vários estados do país.

Em João Pessoa, os manifestantes se reuniram em frente ao Lyceu Paraibano, no Centro da cidade, com faixas, cartazes e carro de som. Eles fecharam a avenida em frente ao colégio e seguiram em caminhada em direção ao Parque Solon de Lucena.

Em volta da Lagoa, eles distribuíram panfletos e protestaram contra governo de Michel Temer e contra a PEC 241. Segundo a organização, o protesto reuniu cerca de 300 manifestantes. A Polícia Militar não divulgou estimativa de participantes.

ambém houve protesto em Campina Grande, na Praça da Bandeira, no Centro da cidade. De acordo com os organizadores, a intenção do ato foi alertar a população sobre um possível prejuízo caso a PEC 241 seja aprovada. “Essa PEC 241 congela por 20 anos os gastos públicos com saúde pública, universidades públicas, escolas públicas. O salário mínimo também não pode ter um reajuste, como ele vem tendo”, disse o professor universitário Luciano Queiroz.

A aprovação da PEC 241 também preocupa alguns alunos, como Luiz Farias, que teme que o ensino público fique sem investimentos. “Somos um pessoal que depende de recursos para que possamos andar com projeto de pesquisa, projetos de extensão, projetos que contribuam de maneira geral. Nós que dependemos disso estaremos incapacitados”, disse o estudante.

Em Cajazeiras, no Sertão, a paralisação dos professores do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) acontece nesta segunda e terça-feira. Durante esse tempo, estão ocorrendo discussões sobre a PEC 241. Os alunos compareceram ao campus, em sua maioria vestindo roupas pretas. O indicativo de greve dos professores vai ser votado na quarta-feira.

No campus sede do IFPB em Sousa, no Sertão, cerca de 50 estudantes secundaristas e universitários iniciaram a ocupação do prédio em protesto à PEC 241, segundo o estudante do curso de agroecologia, Luziberto Queiroga. Segundo ele, todos os estudantes vão dormir no local e não há previsão para desocupação. Enquanto isso, várias palestras estão sendo promovidas sobre conjuntura política, reforma do ensino médio e a PEC 241.

Estudantes e funcionários do IFPB em Cabedelo, na Grande João Pessoa, também protestaram contra a PEC-241 na manhã desta segunda-feira. Os manifestantes fecharam um trecho da BR-230 e o protesto terminou antes das 13h.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241 faz parte de um pacote de ajuste fiscal do Governo Federal, que limita por 20 anos as despesas da união.



Fonte: G1pb
Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger