BANNER TOPO

Ùltimos

Policial

Presidente da Câmara pede prioridade para o SAMU de Patos

sábado, 29 de outubro de 2016--

/ por Redação
A vereadora e presidente da Câmara de Patos, Nadir Rodrigues (PMDB), ocupou a tribuna na noite desta terça-feira, 25, onde falou sobre o problema que vem afetando o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) de Patos.

Na oportunidade, Nadir lamentou uma notícia veiculada na imprensa local em que o prefeito eleito, Dinaldo Filho falava sobre a possibilidade de fechamento do SAMU na capital do sertão. A presidente da Casa declarou que não quer ver isso de uma forma negativa.

“O que eu entendi foi que o prefeito eleito ele disse que o SAMU passa por dificuldades e ele fará de tudo para que o SAMU não feche; Isso sim é mais importante e necessário para Patos”, destacou.

A parlamentar mirim ainda afirmou que a possibilidade desse fechamento não pode ser pensada e acredita na união de forças do prefeito eleito junto aos deputados federais e vereadores.

“O SAMU de Patos foi inaugurado em 2006 e Patos escreve duas histórias em assistência à saúde, uma antes do SAMU e outra depois. A gente fica preocupada e essa preocupação não é apenas da vereadora Nadir, é do povo patoense e também do prefeito eleito, Dinaldo Filho, porque estou aqui com um pronunciamento dele onde ele diz da preocupação da possibilidade do SAMU fechar. Se o SAMU vier a fechar será uma regressão para a cidade de Patos”, destacou.

O SAMU Patos possui 04 ambulâncias de suporte básico, 02 de suporte avançado, um veículo de intervenção rápida. Uma unidade básica está quebrada, três estão rodando. Segundo informações de uma fonte do SAMU, em média são três mil ocorrências/mês fazendo assistência, porém, atualmente o local está sem insumos e ambulância sem condições de rodar. A fonte ainda adiantou que os profissionais estão fazendo o possível para “atender e assistir os mais necessitados”.




Assessoria

Outros Destaques
© todos os diteiros reservados
easyweb com tecnologia blogger